Leite em pó entra em lista de produtos que podem ter tarifa de importação elevada

leite em po prefeitura acegua medida certa 24 2 19
Governo busca solução para compensar fim da taxa antidumping – Prefeitura de Aceguá/RS

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) notificou a Organização Mundial do Comércio (OMC) sobre a possibilidade de aumentar a tarifa de importação de leite em pó da União Europeia em 15%. A proposta de compensação funcionaria como resposta pela salvaguarda europeia sobre o aço brasileiro. Essa lista não é definitiva e ainda será avaliada pela União Europeia (UE). A partir de agora, começa um período de negociação.

Além da alíquota aplicada hoje referente à Tarifa Externa Comum (TEC), que é de 28%, a imposição de tal medida demonstra que o governo está buscando a solução para contornar o fim da cobrança das tarifas antidumping aplicadas às importações de leite em pó oriundas da UE.

Segundo o presidente da Comissão Nacional de Pecuária de Leite da Confederação da Agricultura e Pecuário do Brasil (CNA), Rodrigo Alvim, caso se confirme a aplicação dessas novas tarifas, o setor lácteo nacional se mantém otimista quanto à redução dos riscos de avanços nas importações de leite em pó originárias da União Europeia.

A CNA destaca ainda que o diálogo com o Ministério da Economia, o Ministério da Agricultura e a Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) tem se mostrado positivo na busca de solução para proteger o setor de leite nacional.

De acordo com a notificação enviada à OMC, no último dia 18, o Brasil pretende aumentar o imposto de importação sobre uma série de produtos importados da UE.

Conforme o Acordo sobre Salvaguardas da OMC, o país que aplicou a medida deve compensar as perdas causadas aos países afetados. Isso confere ao Brasil a expectativa de retomada de importantes medidas de defesa comercial para o setor lácteo.

Da CNA, com redação

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: