Safra brasileira de café 2019 é estimada em 49,31 milhões/sacas, queda de 20%

cafe 10 2 rafael rocha
Foto: Rafael Rocha/Embrapa

A safra brasileira de café 2019 é estimada em cerca de 49,31 milhões de sacas beneficiadas de 60 quilos, o que representa uma queda de 20% em comparação à temporada de 2018. A informação consta do 4º Levantamento de Café de 2019, divulgado nesta terça-feira 17 pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A redução é consequência, principalmente, da influência da bienalidade negativa do café arábica nesta safra, somada à diminuição da área destinada à produção. A produtividade média é de 27,2 sacas/hectares, 17,8% menor em relação a 2018. Segundo a Conab, problemas climáticos ocorridas nas principais regiões produtoras também prejudicaram o desenvolvimento das culturas.

A área total cultivada chegou a 2,13 milhões de hectares. Em comparação à última safra, houve redução de área tanto para a espécie arábica quanto para o conilon, num total de 1,2%. Atualmente, cerca de 85% do café encontra-se em produção e 15% em formação.

Com relação à espécie arábica, a produção é estimada em 34,3 milhões de sacas, com redução de 27,8%. O conilon alcançou 15 milhões de sacas colhidas, com um aumento de 5,9% em relação ao ano de 2018.

A área da espécie arábica soma 1,73 milhão de hectares, com uma queda de 0,9%, e a do conilon ocupa 398,8 mil hectares, redução de 2,5%. A maior parte da área (81%) é ocupada pelo café arábica.

Minas Gerais

Minas Gerais é o estado que concentra a maior produção do café arábica. Houve diminuição de área nas principais regiões produtoras, como sul, centro-oeste, cerrado, zona da mata e norte do estado. A produção também recuou, chegando a 24,55 milhões de sacas.

No Espírito Santo, maior produtor do conilon, ocorreu queda de aproximadamente 13,5 milhões de sacas. A produtividade média é de 34,27 sacas/hectares.

O efeito da bienalidade negativa também afetou outros estados produtores. Em São Paulo, com predominância do arábica, a produção deve ficar em 4,34 milhões de sacas; Bahia (3 milhões); Rondônia, com destaque para o conilon (2,2 milhões); Paraná (953 mil), Goiás (249 mil); Rio de Janeiro (245 mil); e Mato Grosso (121,4 mil).

Clique aqui para acessar o estudo.

Da Conab

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: