Com alta do dólar e procura externa firme, preços da soja sobem no Brasil

Foto: Divulgação/Aiba

O ritmo de negociações envolvendo a soja melhorou nos últimos dias, tanto no spot nacional quanto para entrega nas temporadas 2021/22 e 2022/23. Segundo pesquisadores do Cepea, esse aquecimento esteve atrelado ao aumento da demanda externa (especialmente da China) e às valorizações dos contratos na CME Group (Bolsa de Chicago) e do dólar frente ao real. Diante disso, os preços da soja voltaram a subir no mercado nacional e praticamente recuperaram as perdas da primeira quinzena do mês.

Entre 15 e 22 de outubro, os Indicadores ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá e CEPEA/ESALQ – Paraná registraram expressivas altas de 3,6% e de 2,5%, com respectivos fechamentos a R$ 174,62/sc e a 170,58/sc de 60 kg.

No entanto, até o dia 15 deste mês, os Indicadores acumulavam quedas de 4% e de 3%, e com as recentes altas, ambos passaram a apresentar pequena baixa de 0,55%.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: