RS reforça ações para impulsionar exportações de produtos lácteos

Foto: Divulgação

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) cumpre, nesta semana, agenda de promoção às exportações dos produtos lácteos no Rio Grande do Sul. Uma das atividades previstas é o lançamento do Núcleo do Programa de Qualificação para Exportação (PEIEX).  As reuniões ocorrem até quarta-feira (16/03) e têm o apoio do Sindicato da Indústria de Laticínios do RS (Sindilat).

Nesta terça-feira (15), o primeiro evento será encontro híbrido, na sede do Sindilat, do subcomitê de Lácteos da ApexBrasil. A reunião está marcada para começar às 14h e contará com uma explanação do presidente do Sindilat, Guilherme Portella. Além da ApexBrasil e do Sindilat, participam representantes da Viva Lácteos, Sindileite SC e Sindileite PR.

Na quarta-feira (16), ocorrerá o anúncio da formalização do PEIEX, colegiado de estímulo à exportação que também será integrado pelo Sindilat. Previsto para começar às 10h, o evento será na modalidade híbrida (online e presencial), no auditório Érico Veríssimo da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

O PEIEX é um instrumento de apoio à exportação e capacita empresas para o início da venda de produtos e serviços para o exterior. O convênio será uma parceria entre a ApexBrasil e a universidade. Durante o último convênio executado com a Unisinos, a ApexBrasil conseguiu apoiar 200 empresas do setor, que exportaram, juntas, mais de US$ 30 milhões. Para esse novo acordo, outras 200 empresas serão treinadas para exportarem seus produtos, sendo que 125 receberão atendimento na Região Metropolitana de Porto Alegre, 25 em Santa Maria, no centro do estado, e 25 em Pelotas, na região Sul. Outras 25 empresas do setor lácteo da região Sul do Brasil se juntarão a esse novo grupo.

De acordo com o analista de negócios internacionais da ApexBrasil Laudemir Müller, o lançamento do programa ocorre em uma fase em que o Brasil está fortalecendo a exportação de lácteos e que é possível traçar estratégias junto das empresas. “Estamos nos somando a essas estratégias para apoiar e qualificar empresas. No início, em um geral, os países da América do Sul são mais indicados porque estão performando melhor. Mas vamos trabalhar cada caso, cada empresa terá o seu foco.”

O secretário-executivo do Sindilat, Darlan Palharini, está acompanhando a comitiva. Segundo ele, a semana reunirá oportunidades importantes para levar conhecimento sobre as exportações e os processos envolvidos para a cadeia produtiva. “A exportação dos produtos é a saída para retomar o crescimento da produção de leite no Rio Grande do Sul, visto que nos últimos cinco anos o estado tem crescido abaixo da média brasileira e muito menos do que Santa Catarina e Paraná. Mas, para chegar lá, precisamos de informação e preparação por parte das empresas, tanto no âmbito técnico de negociações bilaterais quanto em competitividade.”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: