Caatinga é incluída entre os biomas prioritários para fundo ambiental

a caatinga
Bioma poderá receber recursos para conservação – Agência Brasil/EBC

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia aprovou projeto que inclui a caatinga entre as áreas prioritárias para receber financiamento do Fundo Nacional de Meio Ambiente (FNMA).

O Projeto de Lei 7613/17, oriundo do Senado, recebeu parecer favorável do relator, deputado Valadares Filho (PSB-SE).

O FNMA financia projetos de conservação e de uso sustentável dos recursos naturais. Criado pela Lei 7.797/89, o fundo já privilegia projetos situados na Amazônia Legal e no Pantanal mato-grossense.

Valadares Filho disse que os recursos do fundo poderão contribuir para um maior conhecimento da biodiversidade e da ecologia da caatinga, hoje pouco estudadas. Ele espera também que os recursos do FNMA possam contribuir para reduzir a fragilidade do bioma.

O bioma, que possui 844,5 mil quilômetros quadrados de extensão e abrange 11% do território nacional, sofre com o desmatamento, já tendo perdido metade de sua cobertura original. “Esse quadro aponta as imensas fragilidades que cercam a caatinga”, disse o deputado.

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada agora pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Da redação, com Agência Câmara Notícias

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: