Agronegócio emprega menos, mas sustenta o PIB brasileiro

a soja br abr
ABr

O agronegócio puxou, nos primeiros sete meses do ano, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, repetindo desempenho de períodos anteriores, indica pesquisa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. A safra recorde estimulou a atividade também de outros segmentos, impactando no crescimento de 5,81% no PIB – volume do agronegócio na avaliação de janeiro a julho de 2017. No entanto, o setor empregou menos.

Desse modo, segundo o Cepea/USP, o desempenho positivo da agropecuária pôde amenizar o efeito das retrações da indústria e dos serviços sobre o PIB nacional. Segundo o IBGE, o PIB do país recuou 0,04% na comparação do primeiro semestre de 2016 com o mesmo período deste ano. A queda, assinala o Cepea/USP, seria muito superior não fossem os resultados da agricultura.

Apesar dos relevantes ganhos de produção no agronegócio, sobretudo na agropecuária, não houve aumento de empregos no setor. Ao contrário, no primeiro semestre de 2017, houve queda de 3,1%, ou mais de 580 mil pessoas, no total de ocupações. As principais reduções ocorreram na própria agropecuária e para trabalhadores que atuam por conta própria e com baixa escolaridade.

Ao mesmo tempo, e como um resultado desse movimento, o rendimentos médio do trabalho obtido no agronegócio teve ganho real na comparação entre semestres. A queda das ocupações na agropecuária, caracterizada por menor rendimento frente aos demais segmentos, e das ocupações de trabalhadores menos instruídos frente às com maior grau de instrução, explica o aumento do rendimento médio no agronegócio.

Quanto ao mercado externo, verificou-se elevação de 6% no faturamento em dólares do agronegócio frente ao primeiro semestre de 2016.  Porém, na mesma comparação, o Índice da Taxa de Câmbio Efetiva Real do Agronegócio se retraiu 17,8% e, em termos de volume, a maioria dos produtos apresentou redução nos embarques.

Nesse cenário, o faturamento do setor em reais recuou cerca de 9%. São exceções no que diz respeito à redução de volume embarcado: soja em grão, óleo de soja, frutas, celulose, açúcar e madeira. A soja em grão foi o destaque dos embarques do semestre, com o valor em dólar de suas vendas para o exterior representando mais de 33% do faturamento do setor no período.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: