DF: Carnaval de rua terá segurança de 5,55 mil PMs

pmdf_eb 9

Foto: Rádios EBC

Com previsão de cerca de 2 milhões de pessoas nos blocos e festas do carnaval 2018 de Brasília, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) adotará esquema especial para aumentar a segurança da população. O efetivo contará com 5,55 mil PMs em viaturas, no policiamento a pé, a cavalo, de trânsito, em motocicletas, com helicóptero e com as equipes das Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam), do Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) e do Batalhão de Operações de Choque (BPChoque).

Segundo o chefe do Departamento Operacional da PMDF, o coronel Marcilon Back, o plano foi organizado com base nos números previstos para cada folia e nas estatísticas do ano passado. “Em 2017, a ocorrência mais grave foi um esfaqueamento afastado das áreas de festa, em um veículo em movimento.”

Não haverá revista em todos os foliões que comparecerem aos blocos. As forças policiais vão abordar apenas pessoas que apresentem algum comportamento suspeito.

O coronel Back destacou que o quantitativo de PMs na operação de carnaval em caráter extraordinário não acarretará prejuízo ao policiamento normal da cidade.

A operação terá maior reforço da Polícia Militar no domingo (11) e na terça-feira (13), datas com maior movimento. A previsão de público é de, respectivamente, 546 mil pessoas — nos 33 eventos do dia —, e de 500 mil, em 23 atrações.

Locais alterados

Segundo o chefe do Departamento Operacional da PMDF, três blocos de rua terão de mudar o local das festas, que tradicionalmente ocorrem no Eixão Sul, onde parte de um viaduto desabou na terça-feira (6).

O Baratona e o Raparigueiros ocuparão o Eixo Monumental, e o Engenhoca ficará no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Independentemente do desabamento, essas mudanças já haviam sido decididas. “Os moradores da região reclamavam do barulho, da circulação de foliões nas áreas dos prédios e de depredações depois da passagem dos blocos”, explicou o comandante do Batalhão de Trânsito da PMDF, coronel Alexandre de Souza Oliveira.

Devido a atos de vandalismo em trens da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) no pré-carnaval, haverá reforço de policiais militares em todas as estações de metrô.

Além disso, para deter vans piratas e, principalmente, condutores alcoolizados, a fiscalização de trânsito será intensificada. “Em todo o Brasil, o número de acidentes por motoristas que bebem aumenta muito”, justificou o coronel.

Da redação, com Agência Brasília



Categorias:Notícias

Tags:, , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: