Aprosoja Brasil divulga nota de apoio à paralisação dos caminhoneiros

logo aprosoja brasil

A exemplo de outras entidades do setor rural, a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) também manifestou apoio à paralisação dos caminhoneiros, que suspenderam suas atividades na segunda-feira (21) em todo país. Nesta terça-feira (22), a entidade divulgou nota se solidarizando com o movimento dos transportadores de cargas.

Abaixo, a íntegra da nota:

“A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) vem a público manifestar o seu apoio à paralisação das atividades promovida pelos profissionais da área de transportes de cargas de todo o país em virtude dos constantes aumentos no preço do óleo diesel.

A entidade reconhece que os recentes reajustes anunciados pelo governo federal inviabilizam todo o setor de transporte de cargas, trazendo prejuízos diretos também para os produtores de soja.

O aumento no preço do principal insumo utilizado tanto no transporte quanto nas atividades de plantio e colheita de grãos representa uma ameaça ao equilíbrio econômico dos sojicultores.

De acordo com levantamento feito pela Aprosoja Brasil junto a produtores de diversos estados, o impacto do aumento do diesel pode superar os R$ 3 bilhões nos últimos 90 dias quando se leva em consideração o custo deste insumo por hectare cultivado.

A alta do diesel traz impacto indireto à toda a cadeia produtiva da soja, tendo em vista que o custo com transporte do grão representa cerca de 30% do preço final pago aos produtores rurais quando estes comercializam seus grãos diretamente nos portos do país.

A prática por parte do governo federal de promover reajustes nos combustíveis tem se tornado insustentável ao setor agropecuário tendo em vista que soja e milho são a base de toda a cadeia responsável pela produção de carnes, leite e ovos e outros produtos no Brasil.

Aprosoja Brasil”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: