Uma mulher à frente da recém-criada Associação dos Técnicos Agrícolas de RR

jucelia 14
Jucélia quer incentivar empreendedorismo entre os técnicos agrícolas – Foto: Arquivo pessoal

A técnica agrícola Jucélia Rodrigues está diante de novo desafio: presidir e estruturar a recém-criada Associação dos Técnicos Agrícolas do Estado de Roraima (ATAR-RR). Tarefa que não assusta esta profissional com mais de 30 anos na atividade agrícola que agora desbrava uma área quase sempre comandada por homens. Afinal, anos atrás, ela costumava enfrentar as estradas vicinais precárias do interior de Roraima para levar assistência técnica às comunidades de agricultores e extrativistas. Por isso, encara sem receios o trabalho que tem pela frente.

“Com a criação da ATAR, buscamos fortalecer, junto com o Sindicato dos Técnicos Agrícolas, a categoria no estado. Estamos nos somando a essa luta”, diz Jucélia, eleita para o cargo no último dia 8. Segundo ela, as tarefas mais urgentes, em Roraima, são a melhoria das condições de trabalho dos técnicos agrícolas, a atualização real dos salários (o piso mínimo é R$ 2,5 mil) e a implantação de plano de cargos, carreiras e remunerações para os profissionais da área que sejam servidores públicos.

Jucélia entende também que a ATAR e o Sindicato dos Técnicos Agrícolas de RR devem incentivar, cada vez mais, a categoria a buscar protagonismo além do serviço público. “O Brasil vive uma crise econômica e ética. Uma das bandeiras da associação, em conjunto com o sindicato, é promover o despertar do empreendedorismo. Não há quase vagas no serviço público, o estudante de hoje deverá ser o empreendedor de amanhã.”

A presidente da ATAR observa que boa parte dos cerca de 2 mil técnicos agrícolas de Roraima já está na atividade privada, o que é mais um estímulo para o empreendedorismo entre as futuras gerações, a fim de que não fiquem dependentes do serviço público.  “Muitos dos grandes produtores de grãos e dos donos de lojas de produtos agropecuários do estado são técnicos agrícolas.”

A categoria, pontua Jucélia, tem papel relevante no desenvolvimento socioeconômico de Roraima, seja no cultivo de grãos, frutas, extrativismo, na pesquisa e na assistência técnica e extensão rural. Esse trabalho nem sempre foi realizado em condições favoráveis, exigindo sacrifícios daqueles que se decidam à atividade agrícola.

Jucélia é um exemplo disso. Quando ingressou na Associação da Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Roraima (ASTER-RR), em 1987, um ano depois de se formar na Escola Agrotécnica da Universidade Federal de Roraima, enfrentou situações adversas para desempenhar as atividades de extensionista:

“Além de ser extensionista da área social, respondia pela chefia do escritório de Vila Jundiá [no município de Rorainópolis, a cerca de 400 quilômetros de Boa Vista]. Fazer extensão à época era muito difícil: as BRs tinham asfalto e as estradas vicinais eram precárias. Cheguei a passar três dias na estrada, no período chuvoso, dirigindo sozinha, para ir até a capital.”

Também formada em secretariado executivo e com especialização em engenharia de produção, Jucélia responde, desde 2005, pela Superintendência do Serviço Nacional do Cooperativismo no Estado de Roraima (Sescoop/RR) e pela Organização da Cooperativas Brasileiras do Estado de Roraima (OCB/RR). Agora, ela quer usar parte da experiência no cooperativismo e do associativismo para construir uma ATAR proativa.

“Acima de tudo, acredito que nós mulheres temos todas condições e prerrogativas para exercer quaisquer cargos”, ressalta Jucélia, empolgada com o novo desafio. “Sou a favor da igualdade de gêneros. Não existe trabalho para homens. O que existe são trabalhos que são exercidos por qualquer pessoa independendo de seu gênero.”

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: