Brasil envia lista de 30 frigoríficos indicados a exportar para a China

tereza cristina china balanco 23 5 19
Tereza Cristina espera que chineses apresentem resposta sobre relação em 30 dias  Mapa/Divulgação

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) encaminhou nesta quinta-feira (23) ao governo da China a lista com os nomes de 30 frigoríficos brasileiros indicados a exportar para aquele país, disse a ministra Tereza Cristina, ao apresentar um balanço da missão a Ásia.

Segundo a ministra, a lista é resultado dos acordos firmados com a Aduana chinesa durante a viagem. Nessa quarta-feira (22), a ministra e equipe técnica do ministério se reuniram com representantes de associações de exportadores de carnes para a escolha das empresas. O ministério conferiu a documentação dos estabelecimentos e a relação foi enviada à análise do governo chinês.

Tereza Cristina assinalou que ficou acertada a indicação de 20 plantas, mas ela pediu um número maior. “Pedi aos chineses, a GACC (Aduana da China) que tivesse a oportunidade de indicar 30 plantas, e não 20.”

Dos 30 frigoríficos, informou a ministra, seis já foram vistoriados e aprovados pelos chineses, mas não habilitados. A lista traz plantas exportadoras de carnes bovina, de aves, suína e asinino. Hoje, estão habilitados para vender àquele mercado 16 exportadores de carne bovina, nove de carne suína e mais de 35 de aves.

Tereza Cristina observou que não há data para a China informar quais e quantos serão os novos habilitados. Ela espera receber uma resposta no prazo de 30 dias.

“Conseguimos fazer que a coisa caminhasse. Agora, eles vão examinar, está nas mãos deles”, ressaltou.

Tereza Cristina destacou que a viagem serviu para abertura de um canal de conversação permanente com os chineses sobre a habilitação de frigoríficos. “A China é um país importante comercialmente para o Brasil, mas não podemos ir lá a cada dois meses. Temos que ter um canal aberto de conversa para fazer o estreitamento dessa relação.”

Do Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: