Covid-19: CNA pede que alimentação seja garantida a estudantes com aulas suspensas

merenda escolar MC andre borges ag brasilia
Foto: André Borges/Ag. Brasília

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) defende a aprovação rápida do Projeto de Lei 786/2020, que prevê a distribuição de alimentos da merenda escolar às famílias de estudantes da rede pública, que tiveram as aulas suspensas por causa do novo coronavírus (Covid-19).

A proposta do deputado Hildo Rocha (MDB/MA) foi aprovada virtualmente na quarta-feira 25 pelo plenário da Câmara dos Deputados e seguiu para votação do Senado.

Para a CNA, o projeto garante a alimentação adequada das famílias dos alunos que estão sem ir às escolas e evita o desperdício da produção no campo neste período de calamidade pública, em razão da pandemia.

Segundo o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, a proposta é fundamental neste momento de crise. “O projet beneficia os dois lados: os produtores que precisam continuar vendendo os produtos e as famílias que precisam de alimentos de qualidade”.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta