Custos de produção do leite: Concentrado sobe 8,5% de janeiro a maio, diz Cepea

Foto: Alcides Okubo Filho/Embrapa

De janeiro a maio deste ano, os preços do concentrado subiram 8,5% na “média Brasil”, calculada tendo como referência os estados da Bahia, de Goiás, de Minas Gerais, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e de São Paulo, segundo o relatório de custos da produção de leite de junho, divulgado nesta semana pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

“Nos períodos em que os valores do concentrado se elevam acentuadamente, como o atual, há, em geral, uma deterioração na margem da atividade leiteira. Diante da grande representatividade da dieta nos desembolsos, o produtor pode se ver tentado a diminuir a suplementação alimentar das vacas, no intuito de reduzir os custos e de restabelecer as margens”, informa o relatório.”

O problema – assinala a análise produzida pelo Cepea em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) – é que a produção de leite está diretamente ligada à alimentação. “Por isso, uma redução do fornecimento de concentrado pode levar à diminuição da produção de leite, piorando ainda mais o resultado financeiro da atividade. Com menos leite fica mais difícil diluir e remunerar os custos fixos da atividade.”

Conforme informações obtidas pelo projeto Campo Futuro, a ração tem grande participação nos custos de produção, representando entre 9% e 66% dos desembolsos realizados. “Assim, valorizações intensas nesses insumos podem comprometer o caixa das propriedades.” Por isso, pontua o relatório, a variação nos preços de insumos para alimentação animal, principalmente o concentrado, costuma ser uma preocupação constante do produtor de leite.

“Do ponto de vista dos custos de produção, as variações nas despesas com a dieta dos animais são o principal risco. A fim de preservar suas margens, o produtor de leite deve utilizar ferramentas de gerenciamento de riscos para se proteger das variações do milho, principal ingrediente das dietas que apresenta correlação com os concentrados comerciais”, ressalta o relatório.

Ainda de acordo com o Cepea, o passo inicial consiste no planejamento da atividade, com a realização da projeção do consumo de alimentos pelo rebanho.

Clique aqui para acessar a íntegra do relatório de custos do leite de junho do Cepea/CNA.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta