Termina nesta 6ª-feira prazo para agricultura familiar obter recursos do PAA

Grupos e associações de agricultores familiares podem apresentar até esta sexta-feira 3 à Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) propostas para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que tem R$ 103 milhões para compra de alimentos a serem repassados a entidades socioassistenciais durante a pandemia da covid-19.

Acumulando perdas e prejuízos desde o início da pandemia do novo coronavírus, famílias agricultoras precisam do subsídio das compras públicas de alimentos para garantir a continuidade de sua produção que, em tempos normais, abastece escolas, hospitais, creches, asilos, abrigos e outros equipamentos de interesse público.

“É preciso aproveitar essa oportunidade de contratar diretamente com a Conab para garantir a renda e o escoamento da produção de milhares de famílias que produzem alimento de qualidade para a população”, diz Denis Monteiro, secretário executivo da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA).

O sistema está disponível para recebimento de projetos na página da Conab. O valor máximo por projeto é R$ 320 mil.

Clique no link para mais informações e para acessar o sistema PAANet para envio de propostas: https://www.conab.gov.br/agricultura-familiar/paanet

‘Comida Saudável para o Povo’

Apresentado no início de abril e assinado por 877 organizações, redes e movimentos socais, o documento ‘Comida Saudável para o Povo’ detalha medidas para aplicação emergencial, até o final de 2020, de R$ 1 bilhão no PAA,  envolvendo 150 mil famílias do campo, que entregarão 300 mil toneladas de alimentos, nos próximos três meses, durante o período crítico da pandemia do novo coronavírus.

Com suspensão de contratos de prefeituras para compra de merendas, devido à interrupção das aulas, além do fechamento de feiras e a redução do consumo fora do lar, agricultores de todo o país ficaram, de uma hora para outra, sem tem destino para toneladas de alimentos saudáveis.

Elaborada com a participação de técnicos em abastecimento e especialistas em segurança alimentar, a proposta conta com a adesão de organizações que atuam tanto no campo quanto nas cidades, formando uma aliança ampla para pressionar o governo federal a dinamizar a operação do PAA com urgência e também destinar outros R$ 2 bilhões até o final de 2021.

PAA

Criado em 2003 para viabilizar a compra direta de produtores familiares e a entrega de alimentos em estabelecimentos cadastrados de saúde, educação e assistência social, o PAA é apontado pelos especialistas em segurança alimentar como o instrumento mais ágil para socorrer agricultores e pessoas em situação de vulnerabilidade durante o período de calamidade pública.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta