Falta de chuva já compromete a produção de milho em SC, diz Faesc

A escassez de chuva em Santa Catarina já compromete a produção de verão no estado, segundo a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc). “A previsão de colheita de 2,5 milhões de toneladas de milho na safra 2020/2021 em Santa Catarina certamente não será alcançada”, disse em nota o vice-presidente da entidade, Enori Barbieri.

“O estado terá que importar ainda mais milho no próximo ano”, acrescenta sobre o fato de que indústrias de carne de SC já dependem da produção do cereal de outras regiões. “A estimativa de área plantada no estado para a safra é de 320 mil hectares de milho comercial e 220 mil hectares de milho para silagem.”

Conforme a Faesc, o déficit hídrico ultrapassa 700 milímetros neste ano em Santa Catarina. O presidente da entidade, José Zeferino Pedrozo, ressalta que a federação está em contato com a Secretaria de Agricultura do governo estadual e com demais órgãos para buscar soluções para auxiliar os produtores rurais.

“A situação é muito preocupante. Muitos produtores estão tendo que investir na contratação de caminhões pipa para abastecer as propriedades e os que iniciaram o plantio de milho já têm prejuízos com a má germinação dos grãos, devido à falta de umidade no solo”, assinala Pedrozo.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta