Biodiesel: Abiove conclui recertificação das usinas associadas

Todas as usinas produtoras de biodiesel das associadas da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) acabam de concluir a recertificação do Selo de Selo de Qualidade Bio+, lançado pela entidade em maio de 2020. A certificação atesta que a qualidade do biodiesel produzido pelas usinas certificadas está em conformidade com as especificações técnicas das fases futuras do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), do Ministério do Meio Ambiente, no segmento de veículos leves e pesados do ciclo diesel. 

“Os resultados colhidos após esses seis primeiros meses de certificação dão todas as demonstrações de que se trilhou o caminho certo” afirma Vicente Pimenta, coordenador do programa Bio+. “Foram produzidos, por todas as usinas certificadas, cerca de 1 bilhão de litros de biodiesel com especificação superior. A quantidade de problemas de qualidade no cliente somadas todas as usinas certificadas foi zero”.

A exigência mais rigorosa da especificação da Abiove também resultou na redução nos metais, totalizando 2,4 toneladas de cálcio e magnésio, 2,4 toneladas de sódio e potássio e 4,8 toneladas de fósforo. Os catalisadores dos veículos que usaram esse combustível deixaram de receber essa carga importante de metais.

“A meta agora é manter ao longo do próximo ano a inexistência de problemas de qualidade, além da redução contínua desses metais”, destaca Pimenta. O Comitê da Qualidade, que conta com integrantes de todas as empresas e é presidido por consultor independente, continuará monitorando a qualidade do biocombustível que é expedido pelas usinas certificadas e os equipamentos do ciclo diesel poderão contar com um produto produzido que segue a melhor especificação técnica do país.

O processo de homologação do Selo, neste momento aplicável apenas às associadas, possui um rito severo para que as usinas possam obter o selo. As empresas precisam coletar registros completos da qualidade de seus produtos durante um período de dois meses e 100% da especificação deve estar atendida. Neste meio tempo, uma empresa de terceira parte, independente e acreditada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), realiza coletas e análises do produto destas usinas, devendo o resultado externo também estar 100% em conformidade.

Usinas recertificadas:

ADM unidade Joaçaba

ADM unidade Rondonópolis

Binatural unidade Formosa

Bunge unidade Nova Mutum

Cargill unidade Três Lagoas

Cofco unidade Rondonópolis

Fiagril unidade Lucas do Rio Verde

JBS unidade Campo Verde

JBS Unidade Lins

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: