Carne Angus certificada tem recorde de exportação em 2020

Foto: Divulgação/Angus

A Associação Brasileira de Angus encerra 2020 batendo a marca histórica de carne Angus certificada enviada ao mercado externo. Segundo a entidade, de janeiro a novembro deste ano, foram exportadas 531.528 toneladas de carne Angus. O volume é 31% superior ao recorde anterior, registrado em 2017, quando as vendas externas totalizam 405.817 toneladas. O principal destino do produto foi a China. O país asiático foi responsável pela compra de 43,7% do total exportado.

PRODUTOR, CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER NO CAR E OBTER MAIS INFORMAÇÕES

“Apesar da pandemia, conseguimos nos posicionar no mercado, mostrando que somos produtores e exportadores de carne de alta qualidade, com valor agregado”, avalia a gerente do Programa Carne Angus Certificada, Ana Doralina Menezes.

Segundo ela, o resultado das vendas sinaliza a valorização da carne premium brasileira e confirma a excelência dos produtos que estampam o selo verde-amarelo da Angus. “Nosso objetivo é conquistar cada vez mais novos mercados pelo mundo. Por isso, em 2021, seguiremos trabalhando do campo aos frigoríficos para entregar uma carne com qualidade diferenciada e padronização de ponta”, diz a gerente.

UTILIDADADE PÚBLICA: CLIQUE AQUI para saber tudo sobre o plano safra 2020/21: Programas, linhas de crédito, limites de financiamento, juros, prazos de pagamento etc.

Assim que a pandemia permitir, adianta Ana Doralina, a Angus também planeja intervenções no exterior para abrir novos mercados para o Angus do Brasil, que já chegou a países exigentes como a Alemanha e tem clientes fiéis nos países árabes.

Em 2020, a raça também registrou expansão no número de carcaças certificadas pelo Programa Carne Angus entre o universo de animais recebidos nas unidades frigoríficas parceiras. Conforme levantamento, de janeiro a outubro, a porcentagem de certificação saltou de 69%, em 2019, para 72%, em 2020.

O balanço ainda sinalizou para o crescimento na produção de cortes por carcaça. O aproveitamento dos animais certificados teve alta de 25%. Segundo Ana Doralina, a expansão foi de 72,5 quilos para 90,6.  “Essa quantia é bastante significativa, já que tivemos um ano de incremento nas exportações. Dentro dos frigoríficos, acabamos disputando os cortes entre mercado interno e externo por questão de valor.”

Em 2020, o portfólio de parceiros do Programa Carne Angus também cresceu, com a adesão dos frigoríficos Coqueiro (RS) e Boibras (MS) e das redes varejistas Comper (MS) e Festval (PR). O Programa Carne Angus tem, atualmente, 38 unidades frigoríficas certificando em 11 estados brasileiros. “Fechamos parcerias importantes neste ano. No próximo, há novas empresas para se somar a esse time, algumas parcerias, inclusive, já estão em andamento”, garante a gerente do Programa.

O presidente da Associação Brasileira de Angus, Nivaldo Dzyekanski, enfatizou que a raça Angus, apesar do ano atípico, seguiu avançando por todos os cantos do Brasil, mostrando sua eficiência e adaptabilidade pelos diferentes climas e solos. “Em 2020, avançamos no [Programa] Carne Angus, nas exportações, nas parcerias, na comercialização de animais na temporada, na contratação de reprodutores nacionais por centrais de inseminação e no desenvolvimento da genômica. Com todos os cuidados necessários, mantemos nossa atuação e encerramos o ano com a certeza de que a genética Angus segue sendo uma potência no mercado”.

Os ganhos do Programa Carne Angus começam no campo. Por isso, a Angus realizou ao longo do ano diversas ações de fomento ao melhoramento genético no rebanho nacional. Fechou parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para o desenvolvimento da base de dados e de procedimentos necessários para a implementação da genômica no Brasil e para a realização do Teste de Eficiência Alimentar.

“As provas são muito importantes para a raça Angus, pois geram informações cada vez mais relevantes para a pecuária moderna. Também são essenciais para a evolução da genômica, para que, em breve, possamos predizer essa característica sem ter que colocar os animais em avaliação nos cochos”, afirma o gerente de Fomento da Angus, Mateus Pivato.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “Carne Angus certificada tem recorde de exportação em 2020

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: