Indicador do café arábica sobe 13% em fevereiro e renova máxima nominal

Foto: Paulo Lanzetta/Embrapa

Os preços domésticos do café arábica tiveram forte alta em fevereiro. No acumulado do mês (de 29 de janeiro a 26 de fevereiro), o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 bebida dura para melhor avançou 88,17 Reais por saca (ou 13,4%), fechando a R$ 746,50/saca de 60 kg no dia 26. No dia 2 de março, o Indicador fechou a R$ 748,80/sc, novo recorde nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 1996.

Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso veio da demanda firme e das elevações dos futuros da variedade e do dólar, especialmente na segunda quinzena do mês.

Para o robusta, os preços também avançaram em fevereiro. De 29 de janeiro a 26 de fevereiro, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima acumulou ganho de 32,87 Reais por saca (ou 7,8%), fechando a R$ 455,22/saca de 60 kg no encerramento do mês.

Nessa terça-feira, 2, o fechamento foi de R$ 460,16/saca, a maior cotação diária, em termos nominais, desde 9 de fevereiro de 2017.

Assim como para o arábica, as cotações do robusta foram impulsionadas pelos avanços do dólar e dos futuros em fevereiro.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: