Aprosoja MT apoia campanha contra taxação de energia solar

Reprodução: Youtube

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) apoia a campanha iniciada por setores da sociedade contra a taxação da energia solar. Na Câmara Federal, tramita o Projeto de Lei 5829/2019, do deputado Silas Câmara (Republicanos/AM) que trata do assunto, a exemplo de outras iniciativas sobre o tema que estão no Congresso Nacional.

A energia solar vem ganhando espaço nas propriedades rurais, principalmente naquelas que se dedicam à sojicultura. A geração de energia limpa no campo serve tanto para o consumo residencial quanto para o funcionamento de silos e equipamentos.

Segundo presidente da Aprosoja, Fernando Cadore, centenas de produtores sofrem com o fornecimento de energia elétrica no meio rural e acabam tendo sua produtividade comprometida:

“É preciso investimentos em microgeração de energia solar para que o homem do campo possa garantir sua produção sem interrupção, além da obtenção de energia limpa no meio rural. Necessitamos de apoio e incentivos ao setor, não de taxações que poderão impedir ou desestimular o produtor rural.”

Diversas instituições já demonstraram ao presidente Jair Bolsonaro e aos presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, preocupação com a eventual aprovação de propostas que taxem a energia solar, em vez de incentivar as micro geradoras no meio rural.

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: