Valor da produção agropecuária de Goiás deve ser recorde em 2021

Foto: Wenderson Araujo/CNA

O valor bruto da produção agropecuária (VBP) de Goiás deve atingir um montante recorde de R$ 89,6 bilhões em 2021, conforme atualização com dados de abril. Do total, R$ 61,6 bilhões são referentes ao VBP da agricultura e R$ 28 bilhões da pecuária, segundo números divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

As produções que mais devem contribuir para alcançar esse montante são a soja, com VBP de R$ 33 bilhões (aumento de 24,5% em relação a 2020); bovinos, com R$ 14,6 bi (+13,3%); e milho, com R$ 13,8 bi (+ 22,7%). Também se destacam os VBPs da cana-de-açúcar, com R$ 8,7 bi (sem variação); frangos, com R$ 5,9 bi (+ 2,9%); leite, com R$ 5,3 bi (+ 2,1%); e ovos, com R$ 1 bi (+ 8,3%).

“Os números confirmam as entregas do agro nas culturas em que o estado mais investe, a exemplo da soja e do milho e da pecuária de corte. Elas têm peso na comercialização goiana e na geração de empregos”, avalia o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto.

“Paralelamente, temos outras produções com peso significativo no Estado, como a cana-de-açúcar, frangos, leite e ovos. Essa variabilidade, com resultados tão expressivos, contribui para tornar o estado ainda mais competitivo”, ressalta Lima Neto.

Apesar de apresentarem ligeira variação negativa, também devem contribuir para o VBP de Goiás os suínos, com R$ 1,2 bi (queda de 3,3%); tomate, com R$ 2,7 bi (queda de 8,2%); e feijão, com R$ 1,5 bi (queda de 2,6%).

“Mesmo culturas com ligeira queda, em razão de um outro fator de mercado, têm VBP considerável no estado e isso aponta direções que podem ser tomadas. O governo de Goiás está atento a todo esse movimento e tem atuado de forma efetiva para que os produtores do estado possam atuar de forma diversificada e efetiva”, reforça o secretário.

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: