Deputado Alceu Moreira é eleito presidente da Subcomissão de Leite da Câmara

Deputado Alceu Moreira – Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados vai intensificar sua atuação para apoiar a criação de uma política pública para o setor leiteiro que fortaleça a produção, capacite ainda mais os produtores e torne a atividade rentável para fazer frente aos custos e ter margens aos pecuaristas. Com parte desta estratégia, a Comissão da Agricultura instalou, nesta sexta-feira (28), a Subcomissão Permanente da Produção de Leite. O deputado gaúcho Alceu Moreira foi eleito presidente do colegiado, tendo como vice-presidente o deputado catarinense Celso Maldaner.

A posse da diretoria do colegiado deve ocorrer na primeira ou na segunda semana de junho, na Embrapa Gado de Leite, em Juiz de Fora (MG). Alceu Moreira pretende aproveitar a solenidade para se reunir com produtores, representantes de cooperativas e técnicos da Embrapa, de Emateres, da Conab e do Ministério da Agricultura para debater a realidade do setor e começar a delinear os primeiros projetos de lei voltados ao fortalecimento da cadeia leiteira.

Segundo o deputado gaúcho, o setor tem potencial de crescimento. Por isso, assinala, os produtores não podem ser tratados com piedade, mas com políticas públicas que ofereçam condições para competirem nos mercados interno e externo. Uma das ideias, antecipou, é estimular a criação de consórcios de produtores, como já existem no Rio Grande do Sul, para que eles possam aumentar a produção e ter melhores preços pelo produto.

“Esse é um dos modelos que podem ser usados tanto para produção de leite como de queijos”, diz o parlamentar, esclarecendo que há produtores que preferem outras formas de produção. Independentemente do sistema de gestão propriedade, Alceu Moreira considera fundamental que o produtor de leite tenha resultados positivos na atividade.

“O importante é desenvolvermos, através de políticas públicas, uma cultura para inseri-los no mercado com maior competitividade, buscando tornar o setor mais rentável.” Isso, observou, exige melhorias na qualidade do rebanho, na gestão de propriedade, entre outros requisitos, para ter um produto mais valorizado. De acordo com ele, também é necessário que haja linhas de credito do governo para apoiar os produtores.

Além de produtores, cooperativas e agentes públicos federais, Alceu Moreira quer a participação de prefeituras e governos de estados na construção de políticas públicas de fortalecimento da cadeia de leite, a fim de que venha a ter condições de superar situações adversas, como as enfrentadas nos últimos anos, seja por problemas climáticos, altos custos de produção ou concorrência com a importação de produtos lácteos, principalmente de países do Mercosul.

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: