Baixa oferta impulsiona preço da tahiti; laranja se desvaloriza

Foto: Divulgação

Os preços da lima ácida tahiti seguem em alta, impulsionados pela menor oferta da variedade no mercado. Na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a variedade registrou média de R$ 18,97/cx de 27 kg, colhida, aumento de 14,1% frente à do período anterior.

Segundo colaboradores do Cepea, a demanda industrial tem auxiliado no controle da disponibilidade da tahiti e, principalmente, na seleção das melhores frutas para o segmento in natura – atualmente, três processadoras de pequeno porte estão recebendo a fruta (nas cidades paulistas de Duartina, Engenheiro Coelho e Itajobi), remunerando de R$ 20,00 a R$ 22,00/cx de 40,8 kg, colhida e posta na fábrica.

Já para a laranja do mercado in natura, apesar de o início do mês tipicamente elevar a demanda, a frente fria que vem passando pelo estado de São Paulo limitou a procura pela fruta nos últimos dias. Na parcial desta semana, a média da laranja pera está em R$ 32,23/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 4,1% frente à da semana passada.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: