Agricultura familiar: Borracha natural e cacau entram lista de bônus do Pronaf

Nove produtos receberão bonificação do Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar (PGPAF) em julho, o que garante desconto nas parcelas do crédito rural obtido por meio do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os cálculos realizados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) incluíram, neste mês, a borracha natural, o cacau e o feijão caupi, além de outros seis produtos que permanecem da lista anterior. Os itens e estados contemplados foram divulgados no Diário Oficial da União, nessa quinta-feira (8).

No caso do cacau e da borracha, a inclusão ocorreu em virtude do reajuste nos preços de referência ocorrido em junho, com validade até 2022. A atualização promove a garantia de renda dos produtores. Para o cacau, por exemplo, entre maio e junho não houve variação no valor recebido pela cultura, enquanto a borracha teve variação negativa de 6,25%.

No PGPAF, são contemplados os cultivos cujos preços recebidos pelo produtor ficaram abaixo da garantia. A publicação da portaria com os valores do bônus mensal é realizada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que também repassa aos agentes financeiros. Estes, por sua vez, concedem o desconto aos produtores nos seus financiamentos do Pronaf de forma automática, sem necessidade de solicitação. Nesta edição, o benefício entra em vigência a partir do dia 10 de julho, com validade até 9 de agosto.

O bônus referente à borracha natural é direcionado ao produto comercializado no Maranhão, onde no mês de junho a matéria-prima foi comercializada em média a R$ 3,00, ou seja, 12,02% abaixo do preço de garantia (R$ 3,41). O cacau do Amazonas também passa a integrar a lista, uma vez que o valor de referência foi definido em R$ 9,14 e a média de mercado foi de R$ 8,00, recebendo percentual de 12,47% de desconto no Pronaf.

Além da borracha e do cacau, passaram a receber bônus também em julho: banana (ES), castanha-de-caju (PB), feijão caupi (MT) e maracujá (CE). Permanece ainda o benefício para o açaí (AC), banana (AL e PB), cará/inhame (ES), castanha-de-caju (PE e PI), maracujá (BA, SE, SC e GO) e manga (BA). Desses, quem recebe maior bônus é o cará/inhame comercializado no Espírito Santo, com percentual de bônus de 36,31%, seguido do maracujá na Bahia, com 36,26%.

Confira, no quadro abaixo, a lista completa do PGPAF, com os percentuais de desconto para cada produto:

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf)

Programa de Garantia de Preços para Agricultura Familiar (PGPAF)

Bônus de JULHO de 2021

Com base nos preços de JUNHO de 2021

Produto

UF

Unidade

Preço de Garantia (R$/unid)

Preço Médio de Mercado (R$/unid)

Bônus de Garantia de Preço (%)

AÇAÍ (FRUTO DE CULTIVO)

AC

kg

1,25

1,16

7,20

BANANA

AL

20 kg

18,21

17,09

6,15

BANANA

PB

20 kg

18,21

13,75

24,49

BANANA

ES

20 kg

18,21

16,20

11,04

BORRACHA NATURAL CULTIVADA

MA

kg

3,41

3,00

12,02

CACAU CULTIVADO (AMÊNDOA)

AM

kg

9,14

8,00

12,47

CARÁ/INHAME

ES

kg

1,68

1,07

36,31

CASTANHA DE CAJU

PB

kg

3,97

3,62

8,82

CASTANHA DE CAJU

PE

kg

3,97

2,83

28,72

CASTANHA DE CAJU

PI

kg

3,97

3,15

20,65

FEIJÃO CAUPI

MT

60 kg

197,93

194,42

1,77

MANGA

BA

kg

1,21

1,05

13,22

MARACUJÁ

BA

kg

1,82

1,16

36,26

MARACUJÁ

CE

kg

1,82

1,65

9,34

MARACUJÁ

SE

kg

1,82

1,29

29,12

MARACUJÁ

SC

kg

1,82

1,36

25,27

MARACUJÁ

GO

kg

1,82

1,50

17,58

Fonte: Companhia Nacional de Abastecimento – CONAB

Da Conab

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: