Brasil Verde e Amarelo contesta nota de entidades do agro: “Não nos representam”

Jeferson da Rocha, um dos porta-vozes do Movimento Brasil Verde e Amarelo- Reprodução: WhatsApp

Da redação//AGROemDIA

O manifesto de entidades do agronegócio em defesa do Estado Democrático de Direito não foi bem recebido por parcela da base produtora agrícola. Lideranças do Movimento Brasil Verde e Amarelo – articulação que reúne cerca de 200 associações e sindicatos rurais – dizem que não são representadas pelas entidades que divulgaram o documento nesta segunda-feira (30). O Brasil Verde e Amarelo é um dos movimentos que estão convidando os agricultores para participar das manifestações de dia 7 de setembro, em Brasília, em São Paulo e outras cidades, convocadas pelos apoiadores do presidente Bolsonaro.

“Esta gente aí não representa o produtor rural”, diz Jeferson da Rocha, um dos porta-vozes do Movimento Brasil Verde e Amarelo. “O agro da Avenida Paulista, da Faria Lima e dos oligopólios formados às custas do dinheiro do contribuinte, via BNDES, na era da corrupção do PT, vem se manifestar a favor da democracia como se nós estivéssemos nos manifestando contra. Pelo contrário, quem se manifesta com uma nota dessas é a favor da cleptocracia, que por muito tempo se adonou do país, dos três Poderes da República, e que agora agoniza, com a mudança que fizemos no Poder Executivo.”

Para o Movimento Brasil Verde e Amarelo, ainda há muito a fazer para transformar o país. “Há muito que buscar para a apuração dos crimes. Crimes de responsabilidades que levarão ao impeachment muitos ministros e parlamentares. Então, essa turma da Avenida Paulista, do agro Faria Lima, que está alinhada à cleptocracia, ao sistema corrupto, o chamado mecanismo, está a defender a instituição nacional do esquema, mas essa gente não representa o agro brasileiro e muito menos o produtor rural.”

Jeferson da Rocha enfatiza que a base produtora ligada ao Movimento Brasil Verde e Amarelo discorda do posicionamento das entidades signatárias do manifesto e que vai, no dia 7 de setembro, em todas as cidades do país, se manifestar por liberdade. “Queremos nos livrar, de uma vez por todas, desses grilhões que nos prendem à instituição nacional da corrupção, a esse sistema que está acima do Executivo, do Legislativo e do Judiciário e que tem tentáculos em todas as esferas do poder, à exceção do presidente da República, que foi a única alteração feita no mecanismo. O resto ainda precisa ser julgado, com o rigor e as penas da lei. Tudo dentro da lei e da Constituição, como prega o nosso Movimento Brasil Verde e Amarelo.”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: