Em meio à liquidez elevada, preços do suíno vivo e da carne sobem

Foto: Wenderson Araujo/CNA/Divulgação

Após iniciar setembro enfraquecido, o mercado de suínos reagiu nesta semana, com aquecimentos nas demandas interna e externa pela carne. Diante disso, agentes de frigoríficos aumentaram as aquisições de novos lotes de animais para abate. Como resultado, os preços internos do animal vivo e da carne passaram a subir.

No caso do suíno vivo comercializado no mercado independente, as valorizações foram verificadas em praticamente todas as praças acompanhadas pelo Cepea. Em São Paulo e nas regiões do Sul, as elevações foram mais intensas, tendo em vista a maior presença das grandes agroindústrias, que favorece a procura por animais.

Para a carcaça, as cotações também subiram. No mercado de cortes, os repasses foram menores, já que o fragilizado poder de compra da população e a competitividade frente às carnes substitutas limitaram os reajustes positivos.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: