Colheita de trigo se aproxima do fim no Brasil; estimativa é reajustada para baixo

Foto: Divulgação/Embrapa

A colheita de trigo se aproxima do fim no Brasil, e estimativas oficiais divulgadas na semana passada indicaram reajustes negativos para as ofertas brasileira e mundial. No Brasil, a Conab diminuiu a produtividade esperada em vários estados, com destaque para o Paraná e o Rio Grande do Sul. Essa redução é reflexo da seca e das geadas durante o desenvolvimento da cultura, agora estimada em 2,832 toneladas por hectare, 6,4% abaixo do relatório anterior, mas ainda 6% superior à de 2020.

Em termos globais, o USDA também reduziu as estimativas de produção, o que, por sua vez, pode levar os estoques de passagem em 2021/22 para os menores volumes desde 2015/16. Segundo pesquisadores do Cepea, esse cenário afastou muitos vendedores do mercado spot brasileiro e sustentou os preços de comercialização do cereal nos últimos dias, principalmente no Paraná. Já no Rio Grande do Sul, o avanço da colheita ainda pressionou os valores do trigo.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: