Associação nacional de criadores de búfalos deplora maus tratos a animais em SP

Reprodução: Youtube

O presidente da Associação Brasileira de Criadores de Búfalo (ABCB), médico veterinário Caio Vinícius Di Helena Rossato, disse que deplora, reprova e defende a responsabilização prevista em lei contra quem submeteu rebanho bubalino a maus tratos em uma fazenda no município paulista de Brotas, levando animais à morte e a condições de subnutrição.

Doação de feno para alimentar os animais debilitados e contribuir com o trabalho desenvolvido por voluntários está sendo feita por produtores associados da ABCB – o proprietário da fazenda investigada não é associado da entidade.

A ABCB, que tem 61 anos, sede na capital paulista e associados pelo país, trabalha pela melhoria genética da espécie bubalina. A entidade jamais teve conhecimento da existência de criador maltratar o rebanho, conforme Rossato. Ele disse confiar no trabalho de investigação das autoridades para determinar o que de fato ocorreu na fazenda em Brotas.

Para Rossato, a situação denunciada às autoridades é radicalmente oposta ao tratamento dispensado pelos criadores de búfalos a seus animais Brasil afora. “Como o búfalo manejado corretamente é extremamente dócil, é tratado não só com correção técnica como até com carinho pelos produtores, devolvendo a afeição recebida”.

Rossato destaca que os cuidados de bem-estar animal na atividade envolvem as aptidões carne e leite. Ele diz que a bubalinocultura tem criatórios de excelência em todos os Estados do Brasil e é referência ocidental na produção de búfalos.

Os criadores de búfalos, acrescenta Rossato, também estão conscientes do respeito ao meio ambiente e do papel social da atividade.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: