Brasil “anda para trás” na área biocombustíveis, diz presidente da Abiove

André Nassar, presidente da Abiove – Foto: Agência Senado

O Brasil “está caminhando para trás” em sua política de biocombustíveis, disse, nesta terça-feira (30), o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), André Nassar, ao participar do evento online “Corredores Verdes para a soja: rota sustentável até a China”, promovido pelo Instituto O mundo que queremos”, informa o Broadcast.

“Deveríamos estar aumentando a substituição de combustíveis fósseis por renováveis, mas estamos diminuindo”, assinalou Nassar.

Nessa segunda-feira, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) do Brasil decidiu manter o porcentual de 10% para a mistura do biodiesel no diesel durante 2022. A previsão era de que a mistura aumentasse para 14% em 2022 e 15% em 2023. O óleo de soja é uma das principais matérias-primas usadas na fabricação do biocombustível.

Clique aqui para ler mais sobre o assunto.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “Brasil “anda para trás” na área biocombustíveis, diz presidente da Abiove

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: