Exportação de carne bovina cai 7% em volume em 2021, mas sobe 9% em receita

Foto: Divulgação/APPA

As exportações totais de carne bovina em 2021 (in natura e processada) caíram 7% em volume e aumentaram 9% em receita em relação a 2020, informa a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), em nota divulgada neste sábado (8), com base em dados Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

Segundo a entidade, o país movimentou 1.867.594 toneladas em 2021, contra 2.016.223 t em 2020, ano de recorde nas exportações. “No entanto, graças à elevação do preço do produto no mercado internacional, a receita subiu de US$ 8,485 bilhões, em 2020, para US$ 9,236 bilhões em 2021”, destaca a nota.

A Abrafrigo também divulgou os números das exportações totais de dezembro. A movimentação no mês passado alcançou 151.593 t, contra 168.155 t em 2020, queda de 10%. A receita foi de US$ 726,6 milhões, contra US$ 741, 2 milhões em 2020, redução de 2%.

Embora tenha reduzido as importações de 1.182.673 t, em 2020, para 950.057 t, em 2021, a China se manteve como o maior comprador da carne bovina brasileira, através da cidade-estado de Hong Kong e do continente.

No ano passado, os Estados Unidos passaram a ser o segundo maior importador do produto. As compras norte-americana saltaram de 59.545 t, em 2020, para 148.177 t, em 2021, aumento de 148,9%.

O Chile se manteve na terceira posição, saindo de 90.403 t importadas, em 2020, para 110.626 t em 2021 (+22,4 %). Mesmo diminuindo suas compras em 42,5%, de 127.953 t para 73.612 t, o Egito ocupou a quarta posição.

Os Emirados Árabes ampliaram suas importações em 21,7%, saindo de 40.861 t, em 2020, para 49.711 t, em 2021, e ficaram em quinto lugar.  As Filipinas ocuparam a sexta posição, passando de 39.673 t, em 2020, para 46.349 t, em 2021 (+16,8%). Sétima colocada, a Arábia Saudita reduziu suas compras em 0,5%. Os embarques para aquele país totalizam 40.870 t, contra 41.067 t de 2020.

No total do ano, 104 países aumentaram suas importações no ano passado, enquanto outros 68 reduziram suas compras.

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: