Contagem regressiva para a edição 2022 do Projeto Território

Com equipe multidisciplinar, Território Criativo aposta na arte e na cultura como meios para promover a inclusão socioeconômica – Foto: Eraldo Peres/Divulgação

Com foco na economia criativa, a edição deste ano ocorrerá de forma híbrida, com eventos online e presenciais. O lançamento será com uma live, no dia 22 de fevereiro

Arte e cultura são essenciais em uma sociedade. Mas, para que elas aconteçam de fato, é preciso uma cadeia produtiva que gera empregos e movimenta a economia. No Distrito Federal, o setor cultural representa 1,5% do mercado local com mais de 30 mil profissionais atuantes.

Segundo o IBGE, em 2018, esses números representaram uma movimentação para o DF de cerca de R$ 7 bilhões ao ano, confirmando, assim, sua força de produção local e seu alto potencial de inovação e inclusão social.

E é com foco neste cenário, que a Lente Cultural – empresa realizadora desta edição – lançou seu olhar para o Projeto Território Criativo, propondo um conjunto de atividades formativas que colaborem com o desenvolvimento pessoal e técnico de pessoas que trabalham na economia criativa do Distrito Federal e entorno, mantendo esses empreendedores atuantes, criativos e inovadores, produzindo impacto e conquistando espaço econômico. O lançamento do projeto ocorrerá, de forma virtual, no dia 22 de fevereiro, às 19h.

Ao todo estão previstas a realização de 10 lives, cinco cursos, cinco oficinas, duas mentorias, sei palestras, 24 consultorias, oito meetings para os Conselhos Regionais de Cultura e oito mutirões relacionados ao CEAC (Cadastro de Entes e Agentes Culturais), resultando na oferta de mais de 600 vagas de capacitação profissional e cerca de 700 atendimentos de qualificação de profissionais e empreendimentos criativos. Boa parte da programação será transmitida simultaneamente pelo canal do Youtube oficial do projeto, com gravação para posterior disponibilização no site do Território Criativo.

As ações do Território Criativo 2022 serão pautadas em cinco eixos da economia criativa: Planejamento Estratégico, Gestão, Inovação, Empreendedorismo e Comunicação, difundindo conhecimento prático e teórico sobre novos modelos de negócios.

Bárbara Barbosa e Joaquim-Barbosa, instrutores do treinamento de acessibilidade atitudinal – Foto: Elio Rizzo/Divulgação

4ª Revolução Industria

“Estamos vivendo a chamada 4ª Revolução Industrial, ou Indústria 4.0, marcada pela convergência e sinergia de tecnologias digitais, físicas e biológicas. Falamos aqui de mudanças significativas na cultura organizacional da indústria, na conectividade e na gestão inteligente de dados”, sublinha nota sobre o Projeto Território Criativo.

“Preparamos uma programação ampla visando à formação e qualificação dos profissionais e empreendedores que atuam nos setores criativos. Com a pandemia, foi preciso se reinventar e encontrar novos caminhos para fazer cultura e acredito que este é o momento ideal”, diz Carol Peres, gestora de projetos da Lente Cultural.

O Território Criativo conta ainda com o patrocínio da Secec (Secretaria de Cultura e Economia Criativa), que avalia muito a importância e a força do projeto para o segmento de cultura.

“O Território Criativo tem como principal objetivo o fortalecimento da cadeia da economia criativa do Distrito Federal, capacitando o cidadão comum, em especial aqueles das regiões administrativas com menor índice de desenvolvimento humano, com foco em geração de emprego e renda”, pontua o secretário em exercício Carlos Alberto Jr.

Para além da capacitação pessoal, a proposta é formar agentes multiplicadores para que, em conjunto, possam transmitir os conhecimentos adquiridos para outros agentes culturais em suas comunidades e grupos locais, fortalecendo a rede de atuação profissional do eixo econômico cultural local.

A sustentabilidade também está presente na proposta do projeto, que prevê levar ao agente cultural informações e preceitos dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), agenda proposta pela ONU até 2030 e que tem 17 objetivos. Entre eles, a questão climática, educação, bem-estar, saúde e erradicação da pobreza e metas de melhorias para uma sociedade inclusiva e sustentável.

A acessibilidade também é outro ponto do projeto, que traz, além da interpretação Libras, conteúdos acessíveis com leitura descritiva, legendagem e texto alternativo, garantindo, assim, que pessoas com deficiência possam participar ativamente e com mais autonomia das ações formativas.

Foto: Elio Rizzo/Divulgação

Caravana Território Criativo e Programa Território Criativo + LAB

Um dos destaques desta edição promete ser o programa Caravana Território Criativo, que, inspirado nas caravanas e carreatas de ações sociais, contará com uma carreta do Senac.  A ação vai promover a itinerância de consultorias para profissionais e empreendedores culturais e atividades para os Conselhos Regionais de Cultura nas regiões administrativas do DF. Serão contempladas oito macrorregiões adotadas pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF, atendendo, dessa forma, todas as regiões administrativas do entorno, Plano Piloto, Lago Sul e Lago Norte. A Caravana tem duração de seis dias em cada macrorregião.

Já o programa Território Criativo + LAB traz o conceito dos laboratórios criativos, da prática coletiva e conhecimentos técnicos das profissões do setor criativo e, como espaço de autoconhecimento, intercâmbio de informações e de profissionais, aprendizagem e aperfeiçoamento individual e coletivo, visando o aprimoramento e qualidade no desenvolvimento de projetos, produtos e ações no setor cultural. As atividades serão desenvolvidas em quatro níveis de abordagem: Curso, Oficina, Palestra e Mentoria, possibilitando ao participante uma experiência coletiva, e individual, no seu processo formativo, com a máxima imersão possível nos conteúdos e materiais disponibilizados.

Histórico

O Programa Território Criativo, instituído por meio da portaria nº 251, de 2017, consiste na atuação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF para oferecer uma agenda integrada à economia criativa do DF. Tem como objetivo fortalecer cadeias e arranjos produtivos intensivos, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico sustentável e integrado da economia local. Por meio de seus eixos de ação, o programa desenvolve recursos e processos formativos voltados para criação de competências técnicas e gerenciais, o fortalecimento de arranjos produtivos e de mecanismos de apoio financeiro, a difusão de dados, informações e tecnologias, e a promoção de um ambiente de negócios propício ao desenvolvimento estruturado do mercado criativo local.

SERVIÇO:

Território Criativo Edição 2022

Data de lançamento: 22 de fevereiro

Live às 19h, nos canais oficiais do projeto – Youtube do Território Criativo

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: