Preços do suíno têm movimentos diferentes entre regiões

Foto: Jairo Backes/Embrapa/Divulgação

Os preços do suíno vivo vêm apresentando movimentos distintos entre as praças acompanhadas pelo Cepea. Esse cenário se deve aos diferentes volumes de oferta entre as regiões. Segundo pesquisadores do Cepea, enquanto no Rio Grande do Sul e em Minas Gerais, a oferta restrita vem elevando e/ou sustentando os valores do suíno, em boa parte das regiões do Paraná e de São Paulo, os preços estão enfraquecidos, influenciados pelo aumento no escoamento de suínos devido à necessidade de “caixa” dos produtores.

Quanto ao mercado da carne, vendedores passaram a sentir certa resistência por parte dos compradores em realizar novos reajustes positivos nos preços. Neste caso, atacadistas indicam que, com o final da primeira quinzena, as saídas de carcaça e de alguns cortes diminuíram. Com isso, os preços da carcaça especial suína e de alguns cortes negociados no atacado da grande São Paulo estão em queda nesta semana.

Do Cepea

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: