BNDES suspende crédito de custeio com juro subsidiado à agricultura familiar

Foto: Agência Brasil/EBC

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou a suspensão de novas operações de financiamento por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf Custeio), com estimativa de juros prefixados de 3% ao ano, informa a edição deste segunda-feira (25) do jornal O Estado de S.Paulo.

De acordo com o Estadão, o Pronaf Custeio era a única linha do Plano Safra 2021/22 que ainda estava com crédito liberado no BNDES. O jornal lembra ainda que todas as outras linhas com juros subsidiados já estavam suspensas desde o dia 7 de fevereiro, por causa de normativa do Tesouro Nacional, devido à falta de recursos para equalizar as taxas depois da elevação da Selic – hoje, em 11,75% ao ano.

Ainda segundo o Estadão, o Tesouro Nacional argumenta que tomou a medida porque aumentou muito a diferença entre a taxa básica de juros e a taxa cobrada de produtores nos financiamentos.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em “BNDES suspende crédito de custeio com juro subsidiado à agricultura familiar

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: