Embrapa apresenta tecnologias para o Matopiba na Bahia Farm Show

Foto: Bahia Farm Show/Divulgação

Com o pré-lançamento de cultivares de soja e algodão, palestras e a apresentação de soluções tecnológicas, a Embrapa marca presença na Bahia Farm Show 2022, uma das principais feiras do agronegócio do Nordeste e Norte do país. O evento, promovido pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), ocorre de 31 de maio a 4 de junho em Luís Eduardo Magalhães (BA), com venda antecipada de ingressos online.

No dia 1º de junho (quarta-feira), às 14h, a Embrapa Cerrados (DF), a Embrapa Algodão (Campina Grande, PB) e a Fundação Bahia promovem o pré-lançamento das cultivares transgênicas de soja BRS 8383IPRO e de algodão BRS 437B2RF no auditório da fundação, situado no complexo da feira.

A cultivar BRS 8383IPRO é uma variedade de ciclo médio (120 a 134 dias), hábito de crescimento indeterminado, com alto teto produtivo e potencial acima de 5 mil kg/ha nas regiões de indicação – Matopiba (cerrado do Maranhão, do Tocantins, do Piauí e da Bahia) e Mato Grosso.

Além da estabilidade de produção mesmo em condições de seca e elevadas temperaturas, a cultivar BRS 8383IPRO apresenta resistência ao nematoide de galhas M. incognita, característica estratégica para a sojicultura do oeste da Bahia, onde o sistema produtivo normalmente envolve a cultura do algodão, também afetada pelo nematoide. Apresenta ainda tolerância ao herbicida glifosato e expressa a proteína Bt (INTACTA RR2 PRO®), que permite oferecer proteção contra as principais lagartas da cultura da soja.

Já a cultivar de algodão BRS 437 B2RF é indicada para semeadura em abertura e meio do plantio, em condição de sequeiro ou irrigada, no cerrado da Bahia, Piauí, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. As plantas são de ciclo tardio e porte alto, sendo, portanto, indicadas para cultivo em safra única. Possui a biotecnologia Bollgard II RR Flex (B2RF), que confere às plantas resistência a algumas pragas (lepidópteros) e tolerância ao uso do herbicida glifosato. A cultivar se destaca pelo alto potencial produtivo de pluma e sanidade, principalmente quanto à resistência à mancha de ramulária, principal doença que afeta a cultura do algodoeiro no país, à doença azul, à bacteriose e ao mosaico comum, além de ser moderadamente resistente ao nematoide das galhas. A BRS 437 B2RF tem fibra de alta qualidade e elevada produtividade – potencial produtivo de 6.015 kg/ha de algodão em caroço e 2.425 kg/ha de pluma.

Tecnologias na vitrine e no estande

As duas novas cultivares poderão ser conhecidas na vitrine e no estande da Embrapa instalados na Bahia Farm Show. No local, também será apresentada a cultivar de soja BRS 8980IPRO, que, além da produtividade de grãos, da resistência às principais doenças da soja, apresenta tolerância ao déficit hídrico e estabilidade de produção nas condições agroclimáticas do Oeste baiano.

Também será divulgada a cultivar de algodoeiro transgênica BRS 500 B2RF, de alta produtividade e produção de fibra branca de comprimento médio; resistente a lagartas, ao herbicida glifosato e a doenças como a mancha de ramulária e ao nematoide das galhas. É indicada para cultivo em áreas comerciais de elevada produtividade e áreas com incidência de nematoide das galhas.

Além disso, serão apresentadas duas cultivares de gergelim – BRS Anahí e BRS Morena. A primeira possui desempenho agronômico superior às demais cultivares nas diferentes regiões do país, alta produtividade e características interessantes para a indústria, como sementes de película clara, bem maiores que as disponíveis do mercado, e adaptação à colheita mecanizada ou manual. A segunda é uma cultivar de gergelim de coloração marrom avermelhada, que proporciona sabor diferenciado para o consumo in natura e para a indústria alimentícia, com foco no mercado gourmet.

No espaço da Embrapa serão, ainda, disponibilizadas informações em formato de vídeos e folhetos sobre diversas tecnologias, como as mais recentes cultivares de soja, cultivares de forrageiras para o Cerrado, a Bioanálise de Solo (BioAS), a cultivar de trigo irrigado BRS 394, a cultivar de maracujazeiro doce BRS Mel do Cerrado, controle biológico de pragas, orientações sobre os enfezamentos do milho, bem como as páginas Espaço do Produtor e Espaço da Criança e os aplicativos Zarc – Plantio Certo, Agropragas Maracujá e Pasto Certo.

Palestras

Duas palestras de pesquisadores da Embrapa integram a programação do Bahia Farm Show 2022.

No dia 2 de junho (quinta-feira), das 10h às 11h, o chefe-adjunto de pesquisa e desenvolvimento da Embrapa Cerrados (DF), Lineu Rodrigues, apresenta o tema “Eficiência e sustentabilidade no processo produtivo”

No mesmo dia, das 14h às 15h30, Álvaro Resende, pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas, MG), fará a palestra “É viável produzir com redução da adubação?”. As apresentações serão realizadas no auditório da Fundação Bahia.

Confira a programação completa do Bahia Farm Show aqui.

SERVIÇO:

Embrapa na Bahia Farm Show

Data: 31 de maio a 4 de junho

Horário: 9h às 19h

Local: Rodovia BR 020/242, km 535 – Luís Eduardo Magalhaes (BA)

Da Embrapa Cerrados

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: