Começa o vazio sanitário da soja em Mato Grosso

Foto: Gabriel Jabur/Ag. Brasília/Divulgação

Começou nesta quarta-feira (15) o vazio sanitário da soja em Mato Grosso. Até o dia 15 de setembro, está proibida a presença de plantas vivas da oleaginosa e o cultivo da cultura no estado. A medida é uma estratégia de manejo da doença para o controle da ferrugem asiática da soja. 

A gerente de Defesa Agrícola da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Jerusa Rech, diz que esse período é importante para o setor, uma vez que 90 dias são suficientes para evitar a contaminação e proteger as lavouras da ferrugem asiática, doença que tem um alto índice de danos.

“O período do vazio é a principal medida fitossanitária na prevenção da ferrugem asiática da soja. O objetivo é reduzir a sobrevivência do fungo causador da doença no período da entressafra”, reforça Jerusa.

Quem desrespeitar o vazio sanitário da soja pode ser autuado e/ou multado. A multa para quem descumprir a medida é de 30 UPFs (Unidade Padrão Fiscal) mais 2 UPFs por hectare de planta não eliminada.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: