Mapa divulga nota sobre Operação da Polícia Federal

AAA pf pf
Vegas: nome da operação é alusão a diálogo interceptado – Divulgação/PF

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou nota, no início da noite desta quarta-feira (30), sobre a Operação Vegas, da Polícia Federal. A operação investiga crimes de corrupção envolvendo servidores do Mapa, frigoríficos e laticínios nos municípios de Araguaína, Nova Olinda e Gurupi, em Tocantins.

“Os quatro estabelecimentos, todos sediados no Tocantins, citados na Operação serão interditados e irão passar por auditorias com o objetivo de garantir a qualidade dos produtos”, garante, na nota, o Ministério da Agricultura.

De acordo com a PF, cerca de 115 policiais federais cumpriram 51 mandados judiciais, sendo uma prisão preventiva, 10 prisões temporárias, 12 mandados de condução coercitiva e 28 mandados de busca e apreensão nos estados do Maranhão, Minas Gerais e nos municípios tocantinenses de Araguaína, Gurupi, Palmas e Paraíso do Tocantins.

Esta fase é desdobramento da Operação Lucas, que começou após denúncia de que frigoríficos e empresas de laticínios fiscalizados teriam sido favorecidos em processos administrativos, por meio do retardamento na tramitação e anulação de multas.

As pessoas investigadas, na medida de suas participações, poderão responder pelos crimes de corrupção passiva e ativa, cujas penas podem chegar a 12 anos de reclusão.

O nome da operação é alusão a diálogo interceptado no qual um dos investigados afirma que tudo que se passa em Vegas fica em Vegas.

Íntegra da nota

A respeito da Operação Vegas da Polícia Federal, deflagrada nesta quarta-feira (30/08/2017), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informa que foram adotadas as seguintes providências:

– Os quatro estabelecimentos, todos sediados no Tocantins, citados na Operação serão interditados e irão passar por auditorias com o objetivo de garantir a qualidade dos produtos;

– Os servidores do Mapa envolvidos na investigação serão afastados e investigados por meio de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) junto à Corregedoria do Ministério. Quanto a servidores conveniados de governo estadual ou municipal, serão substituídos;

– O Mapa suspendeu as exportações dos estabelecimentos envolvidos: Minerva S.A., LKJ, Boi Brasil e Gelnex Indústria e Comércio Ltda.

– Desde março, o Ministério ampliou o controle sanitário em todo o país realizando um processo rigoroso de inspeção nas mais de 600 plantas autorizadas a realizar abates. Além disso, o Mapa está ampliando seu quadro de profissionais da área com novas contratações.

– Por fim, o Mapa está implementado programa de compliance e estimulando as empresas do setor a implementarem os seus próprios programas de controle, a exemplo do ministério.

Brasília, 30 de agosto de 2017.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Da redação

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: