Agricultura aprova prioridade para titulação individual na reforma agrária

aa lucio Mosquini
Mosquini: proposição favorece trabalhador rural – Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou a prioridade para a titulação individual na reforma agrária.

A medida está prevista no Projeto de Lei 7000/17, do deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), que altera a Lei da Reforma Agrária (8.629/93). Desde 2014, a lei prevê a titulação individual e a coletiva, sem priorizar nenhuma delas.

Ainda conforme a proposta, nos casos de titulação coletiva, ela será concedida nominalmente aos beneficiários em formato condominial, respeitada a fração mínima de parcelamento.

O relator na comissão, deputado Lucio Mosquini (PMDB-RO), concordou com o argumento de Hildo Rocha de que o texto vai beneficiar os trabalhadores rurais pessoas físicas, evitando que associações privadas passem a gerir a política de reforma agrária em benefício próprio.

“A proposição favorece o trabalhador rural brasileiro, que terá seu nome no título da propriedade em que trabalhe, ainda que exerça o ofício de forma coletiva”, disse Mosquini.

“Como bem colocado pelo autor do projeto, muitas vezes o Incra tem beneficiado associações privadas com porções significativas de terras, transferindo a gestão do assentamento para essas pessoas jurídicas. Assim, seus líderes passam a escolher aqueles que farão jus a ingressar no assentamento”, acrescentou o parlamentar.

A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Da redação, com informações da Câmara dos Deputados

 

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: