Aumento da procura deve elevar produção de batata em MG

balata 2
Foto: Embrapa

O aumento da demanda por batata pré-preparada é um dos fatores que deve impulsionar a produção do tubérculo em Minas Gerais na década 2017/2027.  Segundo o estudo “Projeções do Agronegócio Mineiro 2017 a 2027”, feito pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a tendência é que a colheita de batata alcance 1,53 mil toneladas no final da década, representando elevação de 22,3% frente a 2017.

A expectativa, informa o Diário do Comércio, de MG, é que o crescimento seja impulsionado pela produtividade, resultado da alta tecnologia aplicada no cultivo da batata voltada à indústria de processamento. Maior produtor do tubérculo do país, o estado colheu, em 2017, cerca de 1,3 milhão de toneladas.

“Com condições favoráveis de clima, solo e temperatura, é possível cultivar batatas durante todo o ano em Minas, gerando emprego e renda, desde as lavouras até o processamento industrial”, destaca o Diário do Comércio.

De acordo com o jornal, a produção do tubérculo está distribuída em 10% dos municípios de MG, totalizando 86, dos quais 60 estão localizados na região sul. O cultivo do produto também é destaque no Alto Paranaíba, onde estão instaladas unidades processadoras de batatas.

Os maiores municípios produtores do Alto Paranaíba são Perdizes, que representa 19% do volume estadual, e Rio Paranaíba, com 8,5% da safra. No sul de Minas, o destaque é Ipuiúna, responsável por produzir 9,4% da batata mineira.

Conforme o coordenador técnico regional da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), unidade Pouso Alegre, no sul do estado, Raul Maria Cássia, a tendência é que o mercado para a batata pré-preparada cresça substancialmente nos próximos anos, incentivando a produção voltada às indústrias processadoras.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: