União Europeia suspende compras de pescado brasileiro

pescado ebc
Foto: EBC/Arquivo

Pouco depois de anunciar o embargo ao frango de 20 frigoríficos brasileiros – a maioria da BRF –, em razão de suspeitas de deficiência no controle sanitário do produto, a União Europeia tomou mais uma medida para barrar as exportações do agronegócio do Brasil. Em comunicado, a UE informou que também impedirá a entrada de pescado brasileiro naquele mercado.

Segundo o Estadão, a informação foi confirmada nessa quarta-feira (16) pelo secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luís Rangel. “Estamos seguros de que, no caso dos pescados, não há problemas de controle sanitário”, afirmou.

Ainda de acordo com o jornal, o problema, desta vez, é que o controle das embarcações que se dedicam à pesca no Brasil não está em conformidade com as regras adotadas na Europa.

“Ciente da incompatibilidade das regras e dos problemas que isso poderia trazer ao comércio, o próprio governo brasileiro tomou a decisão, em dezembro passado, de fazer um autoembargo das exportações de pescado para a Europa. Ou seja, o Brasil suspendeu voluntariamente suas exportações para adequar o controle e as embarcações ao padrão europeu”, ressalta a reportagem do Estadão.

A UE informou que descredenciará as plantas produtores de pescados do Brasil a exportar para seu mercado. “Com isso, explicou o secretário, fica a critério deles, e não do governo brasileiro, a retomada das compras do produto brasileiro”, assina o jornal.

Leia aqui a íntegra da reportagem do Estadão.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: