Amazônia perde área verde igual a 200 mil campos de futebol em 10 meses

amazonia desmatamento
Foto: EBC/Arquivo

Um estudo da organização ambiental Imazon concluiu que o desmatamento na Amazônia voltou a aumentar e que a destruição está avançando em áreas supostamente protegidas. A Amazônia perdeu uma área verde do tamanho de mais de 200 mil campos de futebol nos últimos dez meses, aumento de 22% em relação ao período anterior. Os estados mais atingidos pelo desmatamento foram Mato Grosso, Pará e Amazonas.

As informações foram divulgadas na edição desta quarta-feria (20) do Jornal Nacional, da Rede Globo.

Segundo o Imazon, destaca o JN, a pecuária é responsável pela maioria das derrubadas para transformar floresta em pasto. O instituto conclui ainda que a recuperação do setor após um ano de crise e a chegada da estação mais seca na Amazônia, o que facilita a extração de madeira, estariam entre as principais causas do aumento da destruição da floresta.

“Só em maio, a área desmatada na Amazônia foi duas vezes o tamanho de Belo Horizonte. O que mais preocupa os ambientalistas é que 30% das derrubadas ocorreram em unidades de conservação como parques, florestas nacionais e reservas extrativistas. São áreas protegidas por lei que possuem uma grande biodiversidade”, ressalta o JN.

 

Ainda de acordo com o telejornal, entre as unidades mais desmatadas está a Floresta Nacional do Jamanxim, no Sudoeste do Pará. De janeiro a maio, o Imazon detectou 57 quilômetros quadrados de desmatamento. É mais que o dobro do total desmatado em 2017 na região, pelos dados oficiais do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Clique aqui para ler mais.

Da redação, com JN

AGROEMDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: agroemdia@gmail.com - (61) 992446832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: