Algodão: Agrônomos africanos visitam filial da Amipa em Uberlândia

africanos plantacao algodao mg amipa
Foto: Amipa/Divulgação

Uma comitiva formada por cerca de 40 profissionais da área agrícola africana desembarca em Uberlândia nesta terça-feira (7) para cumprir mais uma etapa de treinamento e transferência de conhecimento dos métodos e tecnologias aplicados na cotonicultura mineira.

A nova etapa da aprendizagem, que começará por volta das 8h30 e seguirá até 16h30, ocorrerá nos laboratórios de análise e classificação de algodão Minas Cotton e na fábrica de produtos biológicos (Biofábrica), ambos de propriedade da Associação Mineira dos Produtores de Algodão (Amipa).

Os africanos, em sua maioria agrônomos, são originários dos países Malawi, Quênia, Tanzânia, Zimbábue e Moçambique. Em junho, eles já haviam participado de um dia de campo realizado pela Amipa no município de Patos de Minas.

Desde a chegada ao Brasil, há cerca de 90 dias, os estrangeiros já participaram de várias atividades teóricas e práticas oferecidas tanto pela Amipa como pela Universidade Federal de Lavras (UFLA).

Este é a terceira vez que a associação contribui com o estágio de aprendizagem dos africanos no país. A Amipa chegou a enviar uma equipe de técnicos ao continente africano para repassar conhecimento e transferir tecnologia usadas na cotonicultura, com ênfase na produção familiar de algodão.

O projeto que viabiliza essa interação afro-brasileira faz parte de um acordo de cooperação do governo brasileiro com o continente africano e tem a participação da UFLA, que coordena a estada das comitivas no Brasil e do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), órgão financiador do projeto, que é administrado pelo Ministério das Relações Exteriores, por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC).

Fazendo escola

Antes da visita desta terça-feira à Amipa em Uberlândia, a comitiva africana esteve visitando na última quinta-feira (2), na região de Patos de Minas, uma fazenda produtora de café, acompanhados pelo presidente da Amipa, Daniel Bruxel, e uma usina de beneficiamento de algodão, a Algodoeira Farroupilha, onde foram recebidos pelo gerente da empresa Giovane Caixeta.

Na sexta-feira (3), os africanos foram conferir de perto a colheita do algodão em uma fazenda algodoeira filiada à Amipa, localizada no município de Coromandel.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: