STJ debate o agronegócio durante seminário em Brasília

fabio fapa 6 9
Fabio Meirelles Filho (E), do Pensar-Agro, falará sobre o agro do Brasil no mundo  – Foto: FPA

A busca de segurança jurídica para o desenvolvimento de suas atividades, seja nos aspectos econômico, ambiental ou da sanidade dos alimentos, é uma das principais preocupações do agro brasileiro. O tema estará no centro dos debates durante o simpósio “O Agronegócio na Interpretação do STJ”, que será realizado no dia 26 deste mês, das 9h às 13h, no auditório externo do STJ, em Brasília. O evento é promovido pelo Instituto Justiça & Cidadania, em parceria com o Superior Tribunal de Justiça.

De acordo com seus organizados, o simpósio reforça a importância socioeconômica do agro para o país e o interesse crescente do Judiciário em debater e esclarecer aspectos relacionados ao setor. Além de expressiva participação na geração de empregos e renda, o agronegócio é um dos segmentos que mais contribuem para o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e tem sido um dos principais responsáveis pelo saldo da balança comercial brasileira nos últimos anos.

O encontro será aberto às 9h pelos ministros João Otavio de Noronha, presidente do STJ, e Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça. Também participarão da abertura o advogado Claudio Lamachia, presidente da OAB Nacional; o advogado Frederico Price Grecchi, presidente da Comissão de Direito Agrário e Urbanismo do Instituto dos Advogados Brasileiros; e o embaixador Li jinzhang Embaixador da República Popular da China no Brasil. A coordenação cientifica é dos ministros Luis Felipe Salomão e Moura Ribeiro, do STJ, e do advogado Marcus Vinicius Furtado Coêlho

O agro brasileiro no cenário global

O evento será dividido em três painéis. O primeiro terá início às 9h30 com o tema” “O Agronegócio Brasileiro no Cenário Mundial”, que será discutido por especialistas como o presidente do Instituto Pensar – Agro, Fabio Meirelles Filho. A mesa será presidida pelo ministro Antonio Carlos Ferreira, do STJ.

No segundo painel, às 10h30, o assunto será “Arrendamento Rural”, com participação do ministro Paulo de Tarso Sanseverino, do STJ, e da professora Giselda Hironaka, da USP. Nesse painel, a mesa será presidida pelo ministro Raul Araújo, do STJ.

Já o último painel vai discutir a “Recuperação Judicial do Produtor Rural”, tendo como palestrantes o advogado Marcus Vinicius Furtado Coêlho e o ministro Moura Ribeiro, do STJ, e como coordenadora da ministra Nancy Andrighy, também do STJ.

O encerramento do evento será feito pelo ministro Luis Felipe Salomão, um dos coordenadores científicos do simpósio.

A participação no evento “O Agronegócio na Interpretação do STJ” é gratuita e deverá ser confirmada, para fins de certificação, por meio de inscrição no site do IJC: www.institutojc.com.br

Serviço:

O Agronegócio na Interpretação do STJ

Data:  26 de setembro

Horário: 9h às 13h

Local: Auditório Externo do Superior Tribunal de Justiça, SFS, quadra 6, lote 1, trecho III, Brasília (DF)

Entrada gratuita

Inscrições: www.institutojc.com.br

seminario stj agro 6 9

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: