Agricultura de precisão brasileira atrai interesse da Holanda

agricultura de precisão 10 9 18
Brasil é referência global no desenvolvimento de inovações agrícolas – Flávio Ubiali/Embrapa

O Brasil já se tornou referência mundial em agricultura de precisão. Em busca de soluções inovadoras para melhorar ainda mais a forma de produzir alimentos, o governo da Holanda visita nesta segunda (11) e terça-feira (12) dois centros de pesquisa da Embrapa, em São Carlos (SP) – Pecuária Sudeste e Instrumentação –, a fim de conhecer as tecnologias brasileiras.

Além da visita às unidades da Embrapa, a consulesa Petra Smits e o adido de Inovação, Tecnologia e Ciência Ernst-Jan Bakker, do Consulado-Geral da Holanda, em São Paulo, junto com o assessor do Departamento de Agricultura da Embaixada, em Brasília, terão reuniões com os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), pesquisadores de universidades, de centros de telecomunicações, tecnologias da informação e da internet das coisas (IoT, na sigla em inglês).

Um dos principais importadores da soja brasileira, a Holanda não quer apenas informações sobre a agricultura de precisão. Os holandeses também têm interesse pela agricultura 4.0 e pelas soluções desenvolvidas por instituições brasileiras nas áreas da automação e da pecuária.

Na Embrapa Pecuária Sudeste, a delegação holandesa conhece, nesta segunda (10), as pesquisas desenvolvidas relacionadas à conectividade, automação e pecuária de precisão. No campo, a comitiva visita o sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), que integra diferentes culturas para aumentar a produtividade de maneira sustentável; os cochos automáticos de alimentação e de medidas de emissão de metano pelos bovinos; o aplicativo Roda da Reprodução, desenvolvido para auxiliar os produtores de leite na gestão do rebanho e o sensor de comportamento e bem-estar animal.

Segundo o chefe-geral da Embrapa Pecuária Sudoeste, Rui Machado, a tendência de elevação da escala de produção, redução da disponibilidade de mão de obra, aumento das exigências dos mercados por alimentos mais seguros, mudanças climáticas e adequação a legislações ambientais mais restritivas são fatores que têm contribuído para a intensificação do desenvolvimento da automação e da agricultura e pecuária de precisão.

Ferramentas de conectividade

Por isso, acrescenta Rui Machado, ferramentas de conectividade são essenciais. De acordo com ele, este cenário tem exigido a implementação de novas práticas agropecuárias, mais sustentáveis e intensivas. Dessa forma, as ações da Embrapa Pecuária Sudeste têm sido direcionadas para o desenvolvimento de tecnologias de ponta para obter a máxima produtividade e qualidade dos produtos, obtidos por meio de práticas ambientalmente sustentáveis.

Os destaques das atividades realizadas pela Rede de Agricultura de Precisão serão apresentados pela Embrapa Instrumentação na terça (11). No Laboratório de Referência Nacional em Agricultura de Precisão (Lanapre), os visitantes terão a oportunidade de conhecer resultados de pesquisas desenvolvidas na área de robótica, sensoriamento por drone e agricultura digital.

“Há forte tendência de que os sistemas de produção agropecuária sustentáveis e de alto desempenho se assemelhem às unidades de produção industrial, a exemplo da manufatura avançada ou indústria 4.0. A agricultura de precisão faz parte dessa solução na medida em que provê informações e recomendações para gestão da variabilidade espacial”, explica João Naime, chefe-geral da Embrapa Instrumentação.

“As unidades de produção agrícola cada vez mais demandarão soluções integradas de gestão de todos os insumos e produtos. A Embrapa Instrumentação desenvolve sensores, metodologias de análise rápidas e precisas, modelagem e atuadores que contribuem para viabilizar a automação da produção rural”, observa Naime.

Após conhecer tecnologias na temática de interesse, a delegação vai discutir a possibilidade de desenvolver agendas futuras de cooperação, que possam beneficiar mutuamente o Brasil e a Holanda.

Da redação, com Embrapa Instrumentação

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: