Faperon: Rondônia já pode vender carne para todo o país

helio dias faperon
Hélio Dias, presidente da Faperon: medida expandirá economia de RO – Reprodução/Youtube

“Um grande avanço para Rondônia e o reconhecimento do trabalho de décadas de todos os envolvidos das cadeias produtivas”. Assim, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon) avalia a decisão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) de reconhecer a equivalência do Serviço de Inspeção da Agência de Defesa Sanitária Agrossilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) para adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-POA). Com isso, o agro rondoniense está habilitado a comercializar produtos de origem animal para todo o país.

“Sem dúvida, teremos a modernização e adequação do nosso parque industrial para sermos mais competitivos, com geração de novos postos de trabalho e aumento de receita”, destaca a Faperon, em nota assinada por seu presidente, Hélio Dias, ao se referir à adesão do estado ao Sisbi-POA. “Parabenizamos o empenho e o trabalho sério do setor produtivo, em conjunto com a equipe técnica do Idaron, que trabalhou forte, e com o apoio da classe política envolvida neste processo, para alcançamos o reconhecimento do nosso serviço de inspeção sanitária”, ressalta o comunicado da entidade, divulgado neste sábado (17).

Por meio da Portaria nº 244, editada no último dia 6, o Mapa atesta a qualidade da produção animal de Rondônia com a mesma equivalência e valor das inspeções realizadas pelos órgãos federias de controle e vigilância sanitária. De acordo com Idaron, nesta fase inicial, pelo menos dois frigoríficos rondonienses – um em Porto Velho e outro em Cacoal – já estão cadastrados e habilitados para comercializar com outros estados.

Segundo a Faperon, a decisão do Mapa de reconhecer a equivalência sanitária de Rondônia permitirá que as empresas e indústrias de alimentos do setor de carnes possam se adequar às regras de sanidade animal para expandir seus negócios para os mercados consumidores de todos os estados brasileiros.

Com 14 milhões de cabeças de gado, Rondônia tem o 6º maior rebanho do país e o 5º maior exportador brasileiro de carne.

Abaixo, a íntegra da nota da Faperon:

“Parabenizamos o empenho e o trabalho sério do setor produtivo em conjunto com a equipe técnica do Idaron, que trabalhou forte e, com o apoio da classe política envolvida neste processo, alcançamos o reconhecimento do nosso serviço de inspeção sanitária. O Ministério da Agricultura reconhece, equivale e autoriza o estado no Sisbi, possibilitando as nossas empresas e indústrias a se adequarem dentro das regras sanitárias necessárias para comercializar seus produtos de origem animal e se expandir para novos mercados consumidores dos estados brasileiros. Um grande avanço e reconhecimento do trabalho de décadas de todos os envolvidos das cadeias produtivas. Teremos, sem dúvida, a modernização e adequação do nosso parque industrial para sermos mais competitivos e termos geração de novos postos de trabalho e aumento de receita.

Hélio Dias, presidente da Faperon”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: