Cebolas do Sul do país perdem competitividade no atacado

cebolas 18 2 19 Foto_Marcos_Santos_USP_Imagens_008
Procura é maior pelas cebolas da BA e da Argentina devido à qualidade – Marcos Santos/USP 

As cebolas do Sul do país registraram leve aumento de preços nos últimos dias. No entanto, esses bulbos têm sido menos procurados do que aqueles produzidos em Irecê (BA) e na Argentina, devido à qualidade. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, as cebolas sulistas têm apresentado qualidade diversificada, com menores preços e comercialização verificados para as unidades de menor qualidade.

Atualmente, a maior parte da cebola oferecida no atacado é catarinense, visto que as safras do Rio Grande do Sul e do Paraná já estão se encerrando. Já as ofertas de bulbos de Irecê e da Argentina no mercado paulista ainda é baixa.

Assim, entre 11 e 15 de fevereiro, a saca de 20 kg da cebola produzida em Ituporanga (SC) teve preço médio de R$ 50,60 na Ceagesp, 3,8% maior do que no período anterior.

Para a hortaliça produzida na Argentina, o valor médio da saca foi de R$ 60,00.

As cotações das cebolas do Sul devem seguir recuando, já que a entrada de bulbos argentinos no Brasil deve aumentar até o final deste mês.

Do Cepea/Hortifruti

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: