Contratação de crédito rural soma R$ 119,48 bi em 8 meses, alta de 12%

silos elio rizzo 11 3 19
Crédito para construção de armazéns tem alta de 114%, diz Mapa – Elio Rizzo/AGROemDIA

A contratação do crédito empresarial do Plano Agrícola e Pecuário (PAP), entre julho de 2018 e fevereiro deste ano, alcançou R$ 101,612 bilhões, 53% do total ofertado e 11% a mais do que o valor financiado em igual no período anterior. Na agricultura familiar, o montante foi R$ 17,87 bilhões, 67% do volume disponibilizado e 21 % acima do total contratado entre julho de 2017 e fevereiro de 2018. Até agora, o crédito rural liberado já atingiu R$ 119,48 bilhões, alta de 12% sobre igual período no ano anterior.

O total ofertado para o agronegócio (PAP) e a agricultura familiar é de R$ 217,73 bilhões. Desse montante, foram negociados, em oito meses 55%, alta de 12% sobre igual período na safra anterior, de acordo com levantamento feito pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com base no Sistema de Operações do Crédito Rural e do Proagro, do Banco Central.

As contratações se concentram nas modalidades de custeio, comercialização e industrialização que somam, juntas, R$ 79,42, bilhões. O valor do custeio foi de R$ 57,15 bilhões. Em seguida, o maior volume é o de investimentos, de R$ 22,18 bilhões.

O Programa de Capitalização de Cooperativas Agropecuárias (Prodecoop) teve alta de 217% no valor de aplicação, o maior percentual de aumento entre as modalidades do PAP, com contratação de R$ 791 milhões, 80% do montante disponível.

Outra alta significativa, de 136%, foi no Moderagro (Programa de Modernização da Agricultura e Conservação dos Recursos Naturais), com desembolso de R$ 786 milhões, 94% do total previsto para o período, que se encerra em junho.

A terceira maior alta (114%) no volume contratado ocorreu no PCA (Construção e Ampliação de Armazéns), em que já foram aplicados R$ 924 milhões, equivalentes a 44% da oferta de recursos.

Na safra em andamento (2018/2019), o aumento de contratação na atividade agrícola foi de 13%, até agora, e na atividade pecuária, de 5%.

Fonte de recursos

Recursos provenientes da Poupança Rural Controlada representaram 28% dos desembolsos e, recursos obrigatórios, 19%. De fontes não controladas, os recursos livres corresponderam a 8% do total, somando R$ 8,45 bilhões, em alta de 196%.

Letras de Crédito do Agronegócio (LCA), com taxa favorecida, responderam por 12% do volume de crédito já contratado, somando R$ 12,07 bilhões, em alta de 40%.

Do Mapa

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: