Movimento Brasil Verde e Amarelo reforça apoio à reforma da Previdência

pitt e jeferson rocha
Pitt (E) e Jeferson Rocha: Andaterra defende a reforma da Previdência – Montagem/AGROemDIA

O Movimento Brasil Verde e Amarelo pretende ser a primeira manifestação de massa dos produtores rurais brasileiros em apoio à reforma da Previdência Social proposta pelo governo Bolsonaro. Com isso, os organizadores do Brasil Verde e Amarelo, pré-agendado para ocorrer entre 10 e 15 de maio, em Brasília, esperam ajudar o governo a sensibilizar os deputados federais ligados ao setor agrícola a votar a favor da PEC da reforma da Previdência.

Na avaliação da Andaterra (Associação Nacional de Defesa dos Agricultores, Pecuaristas e Produtores da Terra), presidida pelo produtor Sergio Pitt e uma das entidades que estão articulando o movimento, sem a reforma da Previdência é impossível avançar em outros temas que exigem a participação do governo federal para resolvê-los, como o endividamento rural, a extinção do passivo do Funrural e os altos custos da produção agrícola.

“Se não resolveremos a Previdência, a economia continuará travada”, diz o diretor jurídico da Andaterra, Jeferson Rocha. Por isso, acrescenta, a entidade entende que o seu papel, neste momento, é buscar mobilizar a base social rural do presidente Bolsonaro em defesa da Nova Previdência.

“Sem a reforma, o governo certamente será obrigado a aumentar impostos, a manter os juros altos e não poderá fazer a reforma tributária nem acabar com a concentração do sistema financeiro nacional”, enfatiza o direto jurídico da Andeterra.

Jeferson Rocha lembra ainda que o setor rural foi um dos primeiros a se engajar na campanha eleitoral de Bolsonaro e agora precisa reafirmar esse apoio para ajudar a salvar o país e a agropecuária. “A hora é de somarmos esforços em defesa da reforma da Previdência, essencial para recolocar a economia brasileira nos trilhos.”

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: