Na abertura da Tecnoshow, agro cobra infraestrutura, segurança e mais crédito

abertura tecnoshow comigo noaldo santos mapa
Tereza Cristina ouve cobranças e defende ampliação do seguro rural – Noaldo Santos/Mapa

Avanços em infraestrutura e logística, aumento da segurança no campo, ampliação do crédito para o produtor rural e a necessidade urgente da aprovação da reforma da Previdência foram alguns dos temas que pontuaram os discursos durante a abertura da 18ª edição da Tecnoshow Comigo nesta segunda-feira (8), em Rio Verde (GO).

Ao discursar, o presidente da Comigo, Antonio Chavaglia, falou sobre as recentes perdas dos produtores rurais, que impõem dificuldades financeiras no acesso ao crédito. Dirigindo-se à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ele reclamou das altas taxas de juros para o pré-custeio da safra e pediu mais atenção ao setor do agronegócio.

“Nem todo mundo tem condições de investir. Há uma parte do estado de Goiás, do Brasil em que houve perda de safra. As pessoas estão endividadas e não têm condições de pegar o crédito para investimento”, afirmou Chavaglia.

Tereza Cristina apontou como solução a expansão do seguro rural, impulsionado pela subvenção das instituições financeiras. “Por que os bancos não aplicam nisso? Porque é uma atividade de risco e eles não querem colocar o dinheiro a juros compatíveis com a nossa atividade.” Ela assinalou que um seguro rural robusto teria um maior número de instituições aportando dinheiro no crédito, com juros mais apropriados ao agronegócio.

A ministra acrescentou: “A nossa briga é muito maior para aumentar a subvenção do seguro do que ter esses R$ 220 bilhões [do Plano Agrícola e Pecuário). Isso não atende o agronegócio, é um terço do que precisamos, que é em torno de R$ 600 bilhões.” Segundo ela, o Plano Safra 2019/2020 será lançado em 1º de junho.

O deputado federal e presidente da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, cobrou do governo federal maior aporte de recursos para o fortalecimento do seguro rural.

Segurança no campo  

O governador Ronaldo Caiado disse que investirá em segurança no campo, por meio da ampliação do Programa Patrulha Rural. “Vamos fazer o georreferenciamento de todas as propriedades. Teremos um centro de controle em Goiânia para acionar as viaturas mais próximas e combater para o crime que está invadindo o setor rural. Vamos dar segurança ao produtor rural.”

Presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes, falou sobre a necessidade de apoio dos produtores rurais para aprovar a reforma da Previdência. “Não é questão eleitoral. A conta não fecha. Estou pedindo que os 15 milhões de cooperados conversem com seus deputados, com seus senadores para que a gente acelere o passo da reforma.”

Infraestrutura precária

O presidente da Comigo aproveitou para apresentar os gargalos enfrentados pelo agronegócio em Rio Verde e na Região Centro-Oeste. Ele mencionou as más condições da BR-152, que liga Rio Verde a Itumbiara. “É um problema sério. Passam por dia aqui 5,2 mil carretas e 2,2 mil carros. A estrada está intransitável.”

Chavaglia também cobrou o pleno funcionamento da Ferrovia Norte-Sul, licitada no último dia 28 de março. “Não é só terminar a ferrovia, mas que ela tenha os vagões para poder transportar. Não adianta estar pronta e não ter a gestão e o potencial para atender todas as necessidades de álcool, grãos, açúcar, petróleo.”

Ele também reclamou da tabela de fretes, que está “prejudicado não só o agronegócio, mas toda a sociedade”. De acordo com Chavaglia, os preços dos insumos estão muito altos, e o transporte ferroviário poderá dar estabilidade aos preços dos fretes, o que dará segurança ao setor rural para fechar contrato com as transportadoras com vistas às exportações.

SERVIÇO:

18ª TECNOSHOW COMIGO

Data: 8 a 12 de abril de 2019 (segunda a sexta-feira)

Horário: 8 às 18 horas

Local: Centro Tecnológico COMIGO (CTC) – Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: