Produtores protestam em Brasília contra a crise no setor de alho

logo anapa 22 4 19

Produtores de alho realizam um tratoraço, a partir das 10h desta quarta-feira (24), em frente ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília, para protestar contra a crise vivida pelo setor. Segundo eles, grande parte das dificuldades é causada pela entrada do produto estrangeiro no mercado nacional. Os agricultores querem que a Justiça pare de conceder liminares autorizando a importação de alho sem a aplicação da tarifa antidumping (US$ 7,8 por caixa de 10kg).

Conforme a Associação Nacional dos Produtores de Alho (ANAPA), essa situação provoca concorrência desleal, com a depreciação do preço do produto nacional. Isso, aliado aos altos custos de produção, tem feito com muitos agricultores, principalmente de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, cogitem abandonar o cultivo da olerícola. Junto com Minas Gerais e Goiás, os dois estados do Sul são os maiores produtores de alho do país.

Além da manifestação em frente ao TRF1, os produtores de alho participam, na quinta-feira (25), de audiência conjunta das comissões de Agricultura e Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados para debater a crise no setor e o que considera “indústria das liminares”.

Dias atrás, o presidente da ANAPA, Rafael Jorge Corsino, o senador Jorginho Melo (PR-SC), o presidente da Cooperativa Regional Agropecuaria do Meio-Oeste Catarinense (COPAR), Silvio Novacoski, e o secretário de Agricultura do município catarinense de Frei Rogério, Itamir Gasparini, reuniram-se com a ministra Tereza Cristina (Agricultura) para tratar situação da cadeia do alho.

Eles pediram à ministra da Agricultura apoio para que a Justiça pare de conceder liminares autorizando as importações de alho sem a tarifa antidumping. Também solicitaram a ampliação do prazo de pagamento para renegociação de dívidas e financiamentos, bem como a autorização de novo crédito para os produtores rurais.

De acordo nota divulgada pela ANAPA em seu site, Tereza Cristina condenou as liminares e se comprometeu a buscar soluções para a renegociação das dívidas e para a liberação de crédito aos produtores de alho.

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: