Nova parceria busca impulsionar mais a irrigação no DF, GO, MG e BA

Pivô central Lindsay em operação em uma plantação de milho
Empresas apostam no crédito rural para ampliar irrigação – Divulgação

A agricultura irrigada no Brasil acaba de ganhar novo impulso para atingir a meta de crescimento de 65% até 2024. Ao comemorar 30 anos, a Pivot Equipamentos Agrícolas – pioneira e líder nacional em sistemas de irrigação – anuncia parceria com a Lindsay, passando a ser a revendedora oficial da marca, uma das mais conceituadas do mercado mundial. Só com a abertura de novas lojas, devem ser investidos R$ 3 milhões.

A Pivot atende o Distrito Federal, Goiás, oeste de Minas Gerais e oeste da Bahia, e a Lindsay é líder internacional de tecnologias para irrigação tipo pivô central, tem mais de 50 anos de história e está no Brasil desde 1982.  “Devemos investir cerca de R$ 3 milhões com a abertura de novas lojas para atender o aumento da área de atuação. Passaremos de seis para noves lojas Lindsay no total” diz o diretor da Pivot, Cauê Campos.

“Somos uma empresa preparada para as dinâmicas mudanças de mercado, sempre com o foco no futuro da agricultura irrigada brasileira”, acrescenta Cauê Campos.  A empresa encerrou no mês passado sua parceria com a Valmont, permanecendo ativa apenas com a assistência técnica a clientes.

O contrato entre a Pivot e a Lindsay foi assinado em 17 de abril. As duas empresas agora cumprem uma intensa agenda de apresentação da parceria nas feiras que estão acontecendo no país. A Agrishow, a Agrobrasília e a Bahia Farm Show serão os próximos eventos. Serão abertas mais lojas devido a nova parceria.

Com a união, a meta da Pivot é crescer 20% nos próximos 12 meses e, dessa forma, aumentar a participação de mercado da marca Lindsay. “Com a tecnologia mais avançada e amigável de automação e de gerenciamento de água oferecida pela Lindsay, acreditamos ser possível alcançar esse crescimento”.

A Pivot, acrescenta Cauê Campo, pretende que mais irrigantes se beneficiem das facilidades de crédito para a agricultura irrigada por meio dos recursos como Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), Moderinfra e outros programas específicos para cada estado. O Moderinfra ainda tem R$ 110 milhões de recursos à disposição dos agricultores.

Loja conceito que será montada em Luis Eduardo Magalhães - BA (1)
Loja conceito que será montada em Luís Eduardo Magalhães – Divulgação

Crescimento nacional

Se depender dos números do último Atlas da Irrigação, elaborado pela Agência Nacional das Águas (ANA), a meta estipulada pela empresa, apesar de ousada, poderá ser alcançada sem muitas dificuldades. Conforme o estudo, o Brasil está entre os 10 países com a maior área equipada para irrigação do mundo, com mais de 7 milhões de hectares. Se estimativa de crescimento de 65% do setor até 2024 se confirmar, o país chegará a uma área de 11,5 milhões de hectares irrigados.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) reconhece a importância da irrigação como ferramenta de inovação tecnológica para garantir a segurança alimentar para o planeta. Segundo a entidade, nos próximos 25 anos, 80% dos alimentos necessários à população humana serão provenientes pelos cultivos irrigados.

 

 

 

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: