IBGE: Abate de suínos cresce 5,2% e de bovinos, 0,3% no 1º trimestre

suinos-embrapa-Lucas Cardoso.jpg8
Exportações impactam nos abates de suíno no Brasil – Lucas Cardoso/Embrapa

O abate de bovinos teve alta de 0,3%, o de suínos teve alta de 5,2% e o de frangos caiu 2,0% no 1º trimestre de 2019, em comparação com o 1º trimestre de 2018, segundo dados divulgados nesta terça-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação entre o 1º tri de 2019 e o 4º trimestre de 2018, o abate de bovinos caiu 4,6%, o de suínos cresceu 0,7% e o de frangos aumentou 2,3%.

Ainda de acordo com o IBGE, a aquisição de leite foi de 6,18 bilhões de litros, aumento de 2,8% em relação ao 1° trimestre de 2018. Já a produção de peças de couro teve quedas de 6,9% frente ao trimestre imediatamente anterior e 3,5% frente ao 1º trimestre de 2018, totalizando 8,37 milhões de peças inteiras de couro.

Os dados do IBGE indicam também que, no 1º trimestre de 2019, foram produzidos 908,43 milhões de dúzias de ovos de galinha. A produção aumentou 5,6% frente ao mesmo trimestre do ano anterior, mas houve queda de 3,0% em relação ao 4° trimestre de 2018.

Abate de bovinos tem aumento de 0,3%

No 1º trimestre de 2019, foram abatidas 7,77 milhões de cabeças de bovinos, uma queda de 4,6% em comparação com o trimestre imediatamente anterior e aumento de 0,3% em relação ao 1º trimestre de 2018.

A produção de 1,91 milhões de toneladas de carcaças bovinas no 1º trimestre de 2019 indica redução de 7,4% em relação ao último trimestre do ano anterior e alta de 1,4% em relação ao apurado no 1º tri de 2018.

Abate de suínos totaliza 11,27 mi de cabeças

No 1º trimestre de 2019, foram abatidas 11,27 milhões de cabeças de suínos, representando aumentos de 0,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 5,2% na comparação com o mesmo período de 2018.

O peso acumulado das carcaças foi de 989,10 mil toneladas no 1º trimestre de 2019, representando altas de 0,9% em relação ao trimestre imediatamente anterior e de 3,6% em relação ao mesmo período de 2018.

Abate de frangos cai 2% no 1º tri de 2019

No 1º trimestre de 2019, foi abatido 1,45 bilhão de cabeças de frangos, um aumento de 2,3% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 2,0% na comparação com o mesmo período de 2018.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,39 milhões de toneladas no 1º trimestre de 2019. Esse total representou acréscimo de 1,7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e queda de 2,0% frente ao mesmo período de 2018.

Aquisição de leite tem retração de 7,8%

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos sob inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal), no 1º trimestre de 2019, foi de 6,18 bilhões de litros. O valor correspondeu a uma retração de 7,8% em comparação ao volume registrado no 4º trimestre de 2018, e a um aumento de 2,8% em relação à quantidade captada 1° trimestre de 2018.

Aquisição de couro cai 6,9%

Os curtumes investigados pela Pesquisa Trimestral do Couro – aqueles que efetuam curtimento de pelo menos 5 mil unidades inteiras de couro cru bovino por ano – declararam ter recebido 8,37 milhões de peças inteiras de couro no 1º trimestre de 2019. Essa quantidade foi 6,9% menor que a registrada no trimestre imediatamente anterior e 3,5% abaixo da registrada no 1º trimestre de 2018.

Produção de ovos cai 3,0%

A produção de ovos de galinha foi de 908,43 milhões de dúzias no 1º trimestre de 2019. O resultado representou retração de 3,0% em relação ao 4° trimestre de 2018. Por outro lado, o montante representa um aumento de 5,6% em comparação à produção do mesmo trimestre do ano anterior.

Da Agência IBGE Notícias

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: