“Hoje o produtor de leite vive de migalhas”, diz o deputado goiano Amauri Ribeiro

deputado amauri ribeiro entrevista radio sucesso
Deputado Amauri Ribeiro na Rádio Sucesso – Divulgação

“Nós vivemos de migalhas há anos. Os laticínios pagam o que sobra. Eles vendem nosso produto, trabalham com ele durante 45 dias, tiram todo o lucro que consideram suficiente e o que sobra é repassado ao produtor de leite.” O desabafo foi feito nesta terça-feira (16) deputado estadual goiano Amauri Ribeiro (PRP), ao falar sobre a crise enfrentada pela cadeia produtiva.

Em entrevista ao jornal da Sucesso, da Rádio Sucesso, o deputado Amauri Ribeiro (PRP) voltou a defender o produtor de leite, que nos últimos dias foi surpreendido com mais uma baixa no preço do produto, totalizando R$ 0,30.

O deputado informou também que um assessor da ministra da Agricultura, Tereza Cristina Corrêa, entrou em contato com ele para agendar uma reunião para tratar sobre o tema. “Disse que temos interesse sim, mas que queremos que o presidente Jair Bolsonaro esteja presente. Estamos só aguardando a confirmação da agenda”, falou Amauri.

O parlamentar é um dos líderes de um movimento nacional em favor do pequeno produtor. Pelas redes sociais, ele recebe todos os dias dezenas de vídeos de produtores de todo Brasil que estão indignados não só com a queda no preço. Segundo o deputado, eles reclamam também da falta de previsibilidade do valor por litro de leite vendido e exigem a antecipação do pagamento, que atualmente é feito depois de 45 da entrega do produto aos laticínios.

“Produtor desrespeitado”

“O produtor de leite vem sendo desrespeitado de todas as formas possíveis. Não tem cabimento, em plena seca, o preço do leite ter uma queda de R$ 0,30. Por exemplo, um pequeno produtor de leite, que produz cerca de 2 mil litros por mês, com essa baixa, vai deixar de ganhar aproximadamente R$ 600. Hoje, o produtor de leite ganha centavos”, disse, ao ser questionado sobre o tema pelo apresentador Messias da Gente.

Amauri explicou que sempre lutou por essa causa, pois convive com a produção leiteira desde os 10 anos de idade, quando era peão, até os 20 anos. “Depois, quando tive independência financeira, passei a produzir.”

Durante a participação a Rádio Sucesso, o deputado federal Glaustin da Fokus entrou em contato pelas redes sociais. Por telefone, o político parabenizou o deputado Amauri Ribeiro pela sua atuação na Assembleia Legislativa e pela luta em defesa do produtor de leite.

“Saiba que aqui em Brasília nós também estamos lutando por essa causa, inclusive já montamos uma equipe técnica que está avaliando essa questão e em breve teremos um parecer para levar ao presidente da República”, afirmou o deputado federal.

 

AGROemDIA

O AGROemDIA é um site especializado no agrojornalismo, produzido por jornalistas com anos de experiência na cobertura do agro. Seu foco é a agropecuária, a agroindústria, a agricultura urbana, a agroecologia, a agricultura orgânica, a assistência técnica e a extensão rural, o cooperativismo, o meio ambiente, a pesquisa e a inovação tecnológica, o comércio exterior e as políticas públicas voltadas ao setor. O AGROemDIA é produzido em Brasília. E-mail: contato@agroemdia.com.br - (61) 99244.6832

Um comentário em ““Hoje o produtor de leite vive de migalhas”, diz o deputado goiano Amauri Ribeiro

  • 16 de julho de 2019 em 22:41
    Permalink

    E isso aí estamos juntos

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: